REALITY COM VETERANOS

Globo troca jurados do The Voice + às pressas e cogita adiar estreia

Imagem com foto de Andre Marques, apresentador do The Voice+
Andre Marques é o apresentador da segunda temporada do The Voice+ (foto: Globo/João Miguel Júnior)

Prevista para estrear no dia 30 de janeiro, a segunda temporada do The Voice + pode ser adiada pela Globo por conta de um surto de infecções respiratórias. De acordo com informações divulgadas pelo UOL, a líder de audiência está avaliando a possibilidade de remarcar o lançamento do reality musical por causa da explosão de infectado. Participantes da atração de cantores veteranos receberam diagnóstico positivo e, apesar de estarem assintomáticos, não puderam continuar nas gravações. Os jurados Daniel e Mumuzinho tiveram que ser substituídos às pressas por Carlinhos Brown e Toni Garrido.

Atualmente, a Globo mantém um rígido protocolo de segurança sanitária. A emissora realiza testes diários e, em um único dia, mais de 76 pessoas que participaram de gravações nos Estúdios Globo testaram positivo. Procurada, a rede carioca garantiu que a estreia The Voice + continua prevista para o dia 30 de janeiro. “Assim como todas as empresas, a Globo está acompanhando diariamente a evolução da nova variante e tomando medidas de acordo com a necessidade, tendo a segurança e a saúde de todos como prioridade sempre”, disse o canal em nota.

Nos últimos dias, o avanço de casos de infecção respiratória impactou até mesmo a lista de participantes do Big Brother Brasil 22. Durante o confinamento, três participantes testaram positivo e passaram a receber acompanhamento médico às vésperas do confinamento na casa mais vigiada do país.

“Como parte do protocolo, são realizados testes em todos os participantes e, durante essa rotina, três deles, que estarão no elenco desta edição, testaram positivo. Todos estão com as respectivas vacinas em dia – item obrigatório para a participação no reality -, passam bem, continuam isolados e estão sendo acompanhados por uma equipe médica”, informou a Globo em comunicado à imprensa.

“E, mesmo ansiosos para começarem a viver na casa mais vigiada do Brasil, assim permanecerão até que seja seguro deixarem o isolamento. Quando estiverem liberados pelos médicos, se unirão aos outros participantes, de um jeito inovador e sem prejuízo das dinâmicas do jogo”, finalizou. Além dos programas do Entretenimento, as gravações de Pantanal também foram impactadas pelo aumento de casos de infecção . Os trabalhos foram suspensos depois que parte do elenco e da produção testaram positivo para a doença.

Leia mais