Globo prepara documentário sobre Karol Conká no BBB21

Karol Conká foi a participante mais rejeitada da história do BBB (foto: Reprodução/TV Globo)
Karol Conká foi a participante mais rejeitada da história do BBB (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A operação de guerra da Globo para tentar salvar a carreira de Karol Conká continua a todo vapor. Após fazer história como a participante mais rejeitada da história do Big Brother Brasil, a emissora tem feito o que pode para limpar a imagem da rapper.

De acordo com informações do colunista Chico Barney, do UOL, uma equipe está documentando todos os passos de Karol desde a eliminação da artista. A emissora pretende tirar proveito da repercussão da participação da ex-BBB até a última gota, enquanto passa pano para as maldades cometidas por ela no confinamento nos mais diferentes programas.

Ainda segundo Barney, produtores responsáveis pelo documentário estão com livre acesso à família de Karol, incluindo mãe e filho. A ideia é narrar a ascensão e queda de uma artista que já teve música na abertura de novela da casa e a retomada da carreira depois da participação desastrosa no reality show.

Karol Conká pede perdão

Ao sair do confinamento, a ex-sister participou do Bate-Papo BBB com Ana Clara na última terça-feira (23). Durante a conversa, Karol Conká falou com a apresentadora sobre os confinados que seguem no BBB21, avaliou sua participação no jogo e recebeu o tradicional presente da #RedeBBB.

Entre outros assuntos, a cantora afirmou estar aliviada e feliz após sua participação no programa.

Ela deixou um recado para o público: “Me desculpem. Estou arrependida do que fiz, sim. Tenho a cara de pau de reconhecer meu erro. Mas tenho também disposição de arrumar. Me descancelem, por favor. Me deem uma chance de melhorar, porque o mundo não vai evoluir com a gente cancelando todo mundo e reduzindo as pessoas a um momento de vulnerabilidade”.

Leia mais