TRETA INTERNACIONAL

Max Martin desmente Anitta e confirma que não produziu sua nova música

Foto da cantora Anitta
Anitta se envolveu em mais uma polêmica internacional (foto: Reprodução)

Cercada de expectativas, Anitta lançou nesta quinta-feira (27) sua nova aposta internacional, o single Boys Don’t Cry. Independentemente da repercussão, o lançamento ficou marcado também pela ausência de Max Martin, famoso produtor internacional, nos créditos da faixa. Durante todo o processo de divulgação do single, a cantora insistia na informação de que ele teria feito parte dos produtores da canção. Martin, no entanto, teve que vir a público desmentir a artista: ele esclareceu que apenas os seus parceiros e equipe atuaram no projeto da brasileira.

Em uma publicação feita em uma rede social (por um perfil associado por Anitta ao produtor), Max falou sobre a nova música de Anitta. Ela, de fato, foi produzida na MXM Studios, seu estúdio em Los Angeles. No entanto, ele optou por reforçar que não tinha envolvimento direto algum com o projeto. “A música foi escrita por Burns, Rami Yacoub, Bibi Bourelly, Sen Douglass e Anitta enquanto foi produzida por Burns e Rami. Parabéns a todos por este pop”, afirmou Martin.

Anitta, no entanto, insistia na versão de que a faixa contava com a assinatura de Max Martin. Em comunicado enviado recentemente para a imprensa, a assessoria de imprensa da cantora até fez questão de enumerar alguns dos feitos da carreira do produtor musical, como o fato dele já ter sido eleito como o maior produtor musical do século pela revista Billboard, que é a mais respeitada publicação especializada na indústria.

“A faixa tem produção assinada pelo sueco Max Martin – considerado pela revista Billboard como o maior produtor musical do século XXI. Responsável tanto por clássicos do pop, como Baby One More Time, de Britney Spears, quanto por hits inevitáveis da atualidade, como Blinding Lights, do The Weeknd, o sueco inaugura sua parceria com Anitta com o pé direito, trazendo um som totalmente diferente de tudo que a cantora já fez, ao mesmo tempo em que entrega mais um batidão dançante para a discografia da poderosa”, afirmaram os assessores da artista.

Erros de comunicação são algo que viraram rotina na carreira internacional de Anitta. No final de 2021, a artista também teve a divulgação de sua participação no VMA, maior premiação de videoclipes do mundo, distorcida no Brasil. A cantora, no entanto, esqueceu de informar que a sua performance na verdade era uma ação comercial patrocinada apenas para os Estados Unidos e, diante da falta de um acordo da marca envolvida no comercial com a MTV brasileira, a rede optou por não transmitir o trecho da brasileira na premiação.

Antes de toda a polêmica, a assessoria da morena afirmou que a cantora faria uma performance no VMA e fez questão de destacar que ela seria a primeira brasileira a protagonizar tal feito. A equipe da artista, no entanto, fez um malabarismo e omitiu um detalhe bem importante: a tal performance era um comercial patrocinado pela rede de fast food Burger King para um produto lançado apenas nos Estados Unidos. Diante dessa omissão, os fãs da cantora acabaram ficando confusos com o sumiço de sua apresentação da transmissão brasileira.

 

Atualização – 28/01/22 – 20h20

Na tarde desta sexta-feira (28) Anitta realizou uma coletiva de imprensa para falar sobre o novo lançamento de Boys Don’t Cry  e esclareceu a ausência de Max nos créditos da músicas. “Como ele é um nome muito grande, toda vez que a gente mencionava que ele estava presente, acabava ele virando o foco da questão. O que aconteceu, foi no estúdio dele, onde ele tem uma equipe de vários produtores tão incríveis quanto ele. Ele entrava no estúdio, dava um palpite, voltava, saía. ‘Isso é maneiro’. Ele meio que estava com a gente, mas ao mesmo tempo não. Ele não assinou porque não foi ele que fez desde o início a música, eles trabalham em grupo, pedem a opinião um do outro. A música começou comigo, Burns, Bibi, Rami e Shawn Douglas. Todos eles são imensos. Como o Max é muito grande, só o fato de eu mencionar ou colocar no release, o povo deu o foco todo para ele”, finalizou.

Mesmo não se pronunciando sobre a divulgação errônea do single, após a coletiva de imprensa a cantora atualizou a postagem de agradecimento sobre o single onde citava Max. Anteriormente a cantora mencionava em seu Instagram o perfil @maxmartinmusic para se direcionar ao produtor. Após a polêmica o perfil esclareceu ser um fã clube do produtor, que também era mencionado por Brandon Silverstein, empresário de Anitta.

Leia mais