Passim, assessor de Leonardo, morre vítima de tiro acidental

Passim era assessor de Leonardo e morreu com um tiro acidental (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Passim era assessor de Leonardo e morreu com um tiro acidental (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O comunicador Milton Rodrigues, assessor do cantor Leonardo, morreu atingido por um disparo de arma de fogo nesta quinta-feira (4) na fazenda Talismã, de propriedade do artista, localizada em Jussara, no noroeste do estado de Goiás. Mais conhecido como Passim, Rodrigues trabalhava no meio artístico há três décadas e estava hospedado na mansão do sertanejo há seis dias.

Funcionários do cantor informaram para a TV Anhanguera, afiliada da Globo em Goiás, que a morte foi acidental. Segundo a Polícia-Técnico Científica (PTC), a vítima foi atingida por disparo de arma de fogo e a Polícia Civil irá apurar o caso.

O cantor Zé Felipe, filho de Leonardo, publicou um vídeo com Passim em sua rede social e disse que “não dá para acreditar” na perda do amigo. Em uma filmagem antiga, os dois aparecem brincando juntos e o artista pede para que o amigo não morra nunca. “Se você morrer, eu desenterro você e ponho em pé de novo”, disse Zé Felipe.

Virginia Fonseca, influenciadora e noiva do filho de Leonardo, também veio a público se manifestar e publicou uma imagem de luto lamentando a morte de Milton Rodrigues. “Infelizmente perdemos uma pessoa muito especial para nós. Que Deus conforte a família. Vamos sentir sua falta, Passim”, escreveu ela.

Leia mais