DURANTE O RAIO-X

Laís pede eliminação de Arthur Aguiar: “Amanhã é Dia da Mulher”

Imagem com foto de Laís durante o raio-x desta segunda-feira (7)
Laís durante o raio-x desta segunda-feira (7); sister pediu eliminação de Arthur Aguiar no Dia Internacional da Mulher (foto: Reprodução)

Laís Caldas pediu a eliminação de Arthur Aguiar durante o raio-x na manhã desta segunda-feira (7). Na hora de pedir a permanência de Jade Picon, a médica justificou o pedido dizendo que terça-feira (8), dia da eliminação do Big Brother Brasil 22, é Dia Internacional da Mulher.

“Gente, primeiro, antes de qualquer coisa, eu queria falar: Fora, Arthur e Fica, Jade. Por favor, gente! Vota, vota, vota pra ele sair. Deixa ela aqui com a gente. Amanhã é dia das mulheres, então deixa as mulheres aqui na casa pra mudar esse jogo. Nós vamos conseguir fazendo isso. Por favor!”, implorou a sister.

“Graças a Deus, mais uma vez, me livrei do paredão. E um dos grandes motivos foi a Jade ter atendido o big fone e ter indicado ele [Arthur], senão eu ia eu ia sair no paredão. Então estou muito feliz que eu não estou [na berlinda]. Quero que a Jade fique e o Arthur saia”, continuou ela fazendo companha contra Arthur Aguiar.

No momento de conversa com o público no diário do reality show da Globo, Laís comentou a briga generalizada que teve na madrugada após a formação do paredão. Gustavo afirmou no momento da discussão que ela não havia o protegido para evitar sua ida ao paredão. Ele acabou sendo salvo pela prova Bate-Volta. “E aconteceram várias coisas ontem, tô muito triste com algumas coisas, vou tentar conversar com o Gustavo. Várias atitudes e coisas que ele fez e eu não gostei”, disse Laís Caldas.

Gustavo dispara: “Quem deita comigo não me protegeu”

O clima ficou tenso na madrugada desta segunda-feira (7) após a formação do paredão do Big Brother Brasil 22. Gustavo externou sua fúria ao contar os votos que recebeu da semana e ter percebido que Natália havia votado nele. Ela havia prometido que não votaria em seu nome no confessionário.

“Vão ter que me engolir. Agora o ‘malvadão’ veio com tudo! Com sangue no olho!”, disse ele ao sair do quarto grunge falando em voz alta. Após a declaração, Eliezer procurou o brother para retrucar sua fala. O bacharel em direito voltou a reafirmar sua decepção com Natália. “Ela falou pra mim. Eu só falei: ‘Confiei na tua palavra’”, disse ele.

“Não, você chegou e fez assim pra ela. Assim, ó, tipo [gesticulando]… Você acabou de falar e fez isso”, respondeu Eliezer, sugerindo que Gustavo havia ameaçado a sister. “Cala boca Eli, você nem sabe da história”, disparou ele, levantando o tom de voz. Os brothers iniciaram uma discussão generalizada. No entanto, Natália interrompeu a briga entre os participantes. “Ele [Gustavo] não está errado. Ele está certo. Eu falei com ele, não foi uma ameaça em momento algum”, disse ela.

“Eu realmente falei com você [Gustavo]. Realmente, eu não queria, foi com muito pesar, só que pra mim ser neutra, eu não podia ser. Por quê? Duas pessoas que eu gosto muito e eu falei isso com ele. Eu falei eu quero ser imparcial nessa votação. Só que eu ser imparcial, é eu dar o meu direito pra outras pessoas”, justificou Natália sobre o voto em Gustavo.

“É porque a pessoa que deita comigo não me protegeu. Você que deita com o Eli protegeu ele, mesmo falando pra mim que não votaria em mim. É só isso”, disparou Gustavo, falando do voto de Laís, que quase o colocou no paredão indiretamente. “Não queria. Foi por devido a uma conversa que a gente teve, tanto que eu virei e falei: ‘Vou conversar com ele'”, disse Natália.

 

Leia mais