Record suspende Canta Comigo depois de surto de Covid-19 entre jurados

Rodrigo Faro apresentará a próxima temporada do Canta Comigo (foto: Reprodução/Record)
Rodrigo Faro apresentará a próxima temporada do Canta Comigo (foto: Reprodução/Record)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Record e a Endemol Shine anunciaram na tarde desta quinta-feira (11) a suspensão dos trabalhos da próxima temporada do Canta Comigo. O reality show teve as suas gravações suspensas por conta do agravamento dos casos de Covid-19 no estado de São Paulo. Além das novas medidas restritivas determinadas pelo governador João Dória, pesou o fato de que o programa já estava vivendo um surto de coronavírus entre os 100 jurados do formato e membros da produção.

Até o dia 5 de março, ao menos dez profissionais de bastidor envolvidos nas gravações do programa de Rodrigo Faro tiveram diagnóstico positivo para a doença e ao menos quatro jurados da atração também foram contaminados pela Covid-19 — os nomes confirmados são os de Débora Pinheiro, Felipe Simmons, Juninho Bill e Sabrina Caldana.

Apesar da suspensão de novas gravações, o Canta Comigo tem uma grande frente de programas já gravados e deverá ter a sua estreia mantida para a segunda quinzena de abril. Inicialmente, trabalha-se com a hipótese do retorno aos estúdios ser autorizado antes mesmo do programa entrar no ar na televisão.

Naquela data, a Endemol Shine rechaçou a hipótese de suspender os trabalhos do formato e justificou que promovia testes periódicos em todos os envolvidos no reality show, além de exigir uma série de medidas de segurança dentro de seus estúdios, como o uso obrigatório de máscaras N95, distanciamento entre as pessoas, aferição diária de temperatura e divisórias de acrílico entre os membros do júri.

“Nossa equipe segue as gravações normalmente por não termos identificado nenhum novo caso interno, sempre seguindo todos os protocolos de segurança que usamos em nossas produções. Seguiremos as testagens por faseamento como sempre realizamos em todas as nossas produções, prezando sempre pela saúde e bem-estar de todos os envolvidos”, justificou a empresa, que recebeu o apoio da Record. “Confiamos e trabalhamos juntos com nossos parceiros para termos critérios de máxima segurança em todas as nossas produções”, afirmou a emissora.

 

Leia mais