Bruna Marquezine apaga Twitter após treta sobre pandemia, mas volta atrás

Bruna Marquezine abandonou perfil com quase 10 milhões de seguidores (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Bruna Marquezine abandonou perfil com quase 10 milhões de seguidores (foto: Reprodução/Redes Sociais)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

E o bicho pegou na madrugada deste domingo (14)! Bruna Marquezine decidiu desativar o seu perfil no Twitter após se envolver em um grande bate-boca por conta da pandemia do coronavírus. Ela, que tem o costume de responder diversos internautas, decidiu retrucar quem a chamava de hipócrita por defender o “fique em casa” e ter organizado uma festa com amigas em uma ilha durante o réveillon. Foi a deixa para que perfis notassem uma contradição em seu discurso: a atriz afirma ter passado a virada do ano chorando com seu pai, que estava internado, por FaceTime, mas publicou vídeos na praia exatamente no momento da chegada de 2021.

Atualizado às 2h33: pouco mais de duas horas depois de ter desativado seu perfil, Bruna Marquezine decidiu recuar e voltou ao Twitter. Ela afirmou que foi impulsiva em ter protagonizado um bate-boca público por conta da pandemia de Covid-19. “É… dei show de impulsividade… Passando aqui pra dividir com todos aqueles que me acompanham e me respeitam que vou tirar um tempo pra repensar todas as minhas atitudes e rever a maneira como devo lidar com esses tempos difíceis”, disse a atriz.

“Você anda comigo? Saiu uma foto minha sem máscara e vocês começam o ataque. Você vive comigo pra saber que dor eu tô sentindo ou deixando se sentir? Meu pai passou o ano novo sozinho internado por causa desse vírus maldito. Passei a virada chorando por FaceTime”, afirmou ela. Logo em seguida, ela foi exposta por um perfil que é especializado em apontar contradições do gênero, que divulgou o seu vídeo na praia com as amigas. Não demorou muito para que a publicação repercutisse e Bruna apagasse o tweet em que falava que passou o ano novo chorando.

Em uma tentativa de amenizar as críticas, Bruna Marquezine justificou que não cancelou sua viagem porque “já estava tudo pago a meses” e porque “infelizmente não podia estar com ele [seu pai] no hospital, era indiferente estar em casa ou não, falava com ele todos os dias por telefone”. Na sequência, ela revelou também que deixou a sua mãe sozinha em casa durante o réveillon, já que sua irmã optou por passar a virada do ano com amigas.

Além do barraco da madrugada, a ex-namorada de Neymar já estava envolvida em outra polêmica nos últimos dias. Ela foi flagrada por um paparazzi durante uma caminhada com Enzo Celulari no Rio de Janeiro: ele usava máscara, ela não. Os internautas não pouparam críticas ao descuido da atriz, e a compararam justamente com o seu ex, que recebeu uma enxurrada de reclamações por supostamente ter promovido uma festa rave durante as festividades de fim de ano.

A sequência de fatores fez com que Bruna Marquezine decidisse apagar o seu perfil no Twitter, já que as críticas e rebatidas só cresciam a cada justificativa. Ela tinha quase dez de milhões de seguidores, e poderá reativar a página em até 60 dias — a plataforma só faz a exclusão definitiva dos arquivos depois desse período.

A seguir, veja a publicação que fez a atriz abandonar a rede social:

com a colaboração de Michaele Gasparini

Leia mais