SBT troca reprise do Triturando pelo Conexão Repórter na madrugada

Roberto Cabrini poderá ser visto nas madrugadas do SBT (foto: Reprodução)
Roberto Cabrini poderá ser visto nas madrugadas do SBT (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A partir da próxima segunda-feira (22), o SBT terá reprises do Conexão Repórter na madrugada, substituindo as exibições do Triturando. De acordo com a grade de programação divulgada pelo canal, as reportagens jornalísticas de Roberto Cabrini, atualmente contratado da Record, irão ao ar às 2h30 da madrugada, antes da reapresentação do SBT Brasil.

Roberto Cabrini deixou o SBT em outubro de 2020, após 11 anos de parceria. Em entrevista para o jornalista Felipeh Campos, Cabrini revelou que o motivo para deixar o canal foi por divergências com Silvio Santos sobre o dia de exibição do programa na programação. “Eu tinha opiniões divergentes com as do Silvio. Eu queria o programa um dia e ele no outro. Ele achava que o dia ideal seria segunda-feira e eu sempre achei melhor o programa ir ao de domingo”, explicou.

Neste período no SBT, o Conexão Repórter, criado e comandado pelo jornalista, acumulou 3 mil minutos na liderança em diferentes horários de exibição e se tornou o programa mais premiado da história da emissora conquistando, entre outros, o Prêmio Esso, o República e 6 vezes o Troféu Imprensa de melhor jornalístico.

Em passagem anterior pelo canal paulista, Cabrini já havia conquistado com suas reportagens o Prêmio Vladimir Herzog e o APCA. Neste último ciclo à frente do Conexão Repórter, Roberto Cabrini venceu 2 vezes o Prêmio Comunique-se (considerado o Oscar do jornalismo no Brasil) na categoria repórter de mídia falada.

Na época, o SBT informou que Roberto Cabrini deixou a emissora de portas abertas. Uma semana depois, a Record anunciou a contratação do jornalista para atuar no Domingo Espetacular com matérias exclusivas e investigativas. Com a saída de Adriana Araújo da rede de Edir Macedo, Cabrini assume também o Repórter Record Investigação.

 

Leia mais