Polícia investigará Rodolffo por frases homofóbicas na casa do BBB

Rodolffo será investigado após frases homofóbicas na casa do BBB (foto: Reprodução/TV Globo)
Rodolffo será investigado após frases homofóbicas na casa do BBB (foto: Reprodução/TV Globo)

Rodolffo Matthaus terá alguns problemas para resolver quando for eliminado do BBB. O atual participante do reality virou alvo de uma queixa-crime por conta de suas frases homofóbicas na competição e será investigado pela Polícia após uma iniciativa de Agripino Magalhães, suplente de deputado estadual pelo PSB de São Paulo e ativista LGBTI, que anunciou publicamente em uma rede social que decidiu mover a denúncia contra o cantor sertanejo.

“Irei acionar a justiça cobrando explicações do participante, por meio de uma denúncia crime contra ele por ofender a comunidade LGBTI+. O crime de homofobia está enquadrada na lei 7.716/89 que abrange o crime de racismo social e pode dar até três anos de reclusão a quem cometê-lo”, afirmou o político.

“O participante Rodolffo fez um comentário homofóbico ao falar da roupa que Fiuk usaria na festa que aconteceria naquela noite dentro da casa. Fiuk usaria um vestido para o show do Léo Santana e Glória Groove, e acabou incomodando o goiano. A cena incomodou não só alguns brothers da casa, como também repercutiu mal entre internautas que interpretaram a fala do sertanejo como homofóbica”, disse Magalhães.

A abertura da queixa-crime contra o participante do BBB dará origem a um inquérito policial. Com isso, o cantor poderá ser convocado para prestar esclarecimentos em uma delegacia e, se for indiciado, poderá sofrer as sanções previstas em lei — dentre elas, até três anos de reclusão.

Relembre o caso

Durante a festa de sábado (20), Fiuk disse estar incomodado com alguns comentários de Rodolffo sobre as suas roupas no BBB21. O cantor contou para Gil que ficou chateado com ex-marido de Rafa Kalimann por causa do que ele falou em relação ao uso do vestido que a produção mandou para ele. “Já deu de fazer essas piadas. 2021, né? Na prova ele já tinha feito piada com meu cabelo”, afirmou o filho de Fábio Jr.

“Ele já me viu de vestido aqui. Ele viu como me visto desde o primeiro dia. Falar da minha roupa, sabe que já sofri discriminação por isso, não tem graça. Eu estou errado por gostar de vestido? Aí daqui a pouco começa zoar minha maquiagem”, lamentou o cantor.

Gilberto disse que os comentários do Rodolffo poderiam virar outra coisa. “Pra ele brincadeira não tem problema. Eu achei meio pesado. Eu percebi [o que Rodolffo falou], mas fingi que não. Não gostei”, pontuou o economista, que estava no quarto no momento.

Fiuk disse que alguns termos usados pelo sertanejo dão vergonha nele. “Ele vem falar de Goiânia, que que tem Goiânia? Tem que ir na balada com mulheres usando minissaia? Homem com calça e camisa curta? Eu já salvei ele várias vezes aqui, porque ele usa uns termos que eu tenho até vergonha de falar”, lamentou o filho de Fábio Jr.

Leia mais