Audiências de 25/03/2021: Repórter Record cresce 29% com volta de Roberto Cabrini após 12 anos

Roberto Cabrini foi ao ar na Record e no SBT ao mesmo dia: de preto, no programa inédito; de azul, na reprise de 2019 (foto: Montagem/Record e SBT)
Roberto Cabrini foi ao ar na Record e no SBT ao mesmo dia: de preto, no programa inédito; de azul, na reprise de 2019 (foto: Montagem/Record e SBT)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Depois de 12 anos, Roberto Cabrini voltou ao comando do Repórter Record. O retorno dele fez com que o jornalístico tivesse o seu melhor desempenho desde os 4,5 registrados em 25 de fevereiro, ou seja, há três semanas atrás, e reverteu uma tendência de queda da atração, que teve o seu pior resultado do ano na quinta-feira anterior (18): 3,4 pontos, em um dia marcado pela despedida de Adriana Araújo do projeto e da emissora. O crescimento de 29%, entretanto, não foi o bastante para tirar o programa da já habitual terceira colocação na Grande São Paulo.

Além disso, a reestreia de Cabrini provocou uma situação inusitada: ele passou a estar no ar no SBT e na Record com um intervalo de poucas horas. Desde segunda-feira (22), Silvio Santos ordenou que a sua emissora exibisse, nas madrugadas de segunda a sexta, os principais documentários feitos pelo jornalista enquanto ele trabalhou na rede. E, curiosamente, O Melhor do Conexão Repórter foi mais sintonizado do que a nova fase do Repórter Record.

No ar entre 2h23 e 3h02, a reapresentação do programa de 25 de março de 2019 marcou média de 3,1 pontos e foi sintonizada por 18,2% dos televisores ligados na região. O Repórter Record, que apostou em uma reportagem sobre uma jovem que acusa o próprio pai de abuso sexual, teve a sintonia de 7,5% dos aparelhos — a média do programa, que foi transmitido em horário nobre, acabou sendo maior do que a da reprise: foram 4,4 pontos e pico de 6,6. O SBT ficou na segunda colocação contra o jornalístico e marcou 5,8 com parte do Programa do Ratinho e de A Praça é Nossa.

Além do share extremamente superior, também há outra curiosidade: o mínimo de audiência de ambos os programas comandados por Roberto Cabrini foi o mesmo. O Repórter Record marcou 3,0 pontos em seus momentos com menos público, às 23h56 e 23h57, mesmo índice registrado nos piores momentos do Conexão Repórter, que alcançou a marca em sete minutos não consecutivos.

Confira as audiências obtidas pelos programas da Globo, Record e SBT nesta quinta-feira (25):

MÉDIA DIA (07h00/00h00)16,9
Bom dia SP7,8
Bom dia Brasil
9,2
Mais Você7,0
Encontro com Fátima Bernardes
7,4
SP112,0
Globo Esporte11,1
Jornal Hoje11,8
Sessão da Tarde: O Último Mestre do Ar13,7
Vale a Pena Ver de Novo: Laços de Família
21,6
Malhação
18,3
A Vida da Gente20,3
SP2
23,9
Salve-se Quem Puder25,5
Jornal Nacional
28,5
Amor de Mãe31,5
Big Brother Brasil 2131,0
Arcanjo Renegado15,4
Jornal da Globo
8,7
Conversa com Bial6,1
Faixa Corujão4,4
Hora Um
4,1
MÉDIA DIA (07h00/00h00)6,6
Balanço Geral Manhã
2,1
Balanço Geral Manhã SP
3,6
Fala Brasil
4,5
Hoje em Dia
4,7
Balanço Geral SP
8,2
Belaventura4,5
Cidade Alerta4,8
Cidade Alerta SP
8,3
Jornal da Record
10,5
Gênesis12,8
Topíssima7,0
Repórter Record Investigação - Estreia de Roberto Cabrini4,4
Chicago Med: Atendimento de Emergência3,1
Fala Que Eu Te Escuto1,0
Escola do Amor0,5
Programação Igreja Universal
0,4
Balanço Geral Madrugada0,7
MÉDIA DIA (07h00/00h00)5,2
Primeiro Impacto - Novo horário
3,2
Vem Pra Cá - Novo horário3,3
Bom dia & Cia
4,8
Fofocalizando
5,2
Casos de Família
4,5
Triunfo do Amor
6,4
Amores Verdadeiros7,3
SBT Brasil
6,7
Roda a Roda Jequiti
7,0
Chiquititas
6,6
Programa do Ratinho
5,6
A Praça é Nossa5,7
The Noite
4,3
Operação Mesquita
3,5
O Melhor do Conexão Repórter3,1
SBT Brasil - Reprise
2,5
Primeiro Impacto
2,7

Cada ponto representa 76.577 domicílios e 205.377 indivíduos na Grande São Paulo.

 

Leia mais