Rodolffo diz que gays e mulheres foram educados de maneira diferente

Rodolffo voltou a causar polêmica em festa do BBB (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Durante a madrugada deste sábado (27), Rodolffo voltou a causar polêmica na casa do Big Brother Brasil. Em um bate papo com Arthur Picoli, o cantor sertanejo fez uma análise sobre os demais participantes que ainda estão na casa mais vigiada do país. De acordo com o ex-marido de Rafa Kalimann, os gays e as mulheres que seguem em confinamento com ele tem outra filosofia de vida e foram educados de maneira diferente, e que por isso não combina com ele na hora de puxar assunto.

“O resto da casa são mulheres, tem dois gays, e eles tem outras filosofias de vida, outros conhecimentos, outras histórias, outras educações. Não combina demais… a gente se respeita, a gente brinca, a gente troca ideia, mas não é. Na hora de bater papo, bater papo mesmo, não bate. Mesmo. Não são os mesmos assuntos. Não adianta forçar essa barra, nós estamos em minoria aqui e nós estamos fodidos. Eles vão nos meter na parede, uma atrás da outra”, disparou o artista, que viu o seu comentário ser endossado pelo crossfiteiro.

Antes da fala em questão, Rodolffo havia conversado com Caio Afiune e constado que ele e o fazendeiro tem histórias de vida parecidas, e que por isso acabam tendo muitos assuntos em comum. Os dois são parecidos: ambos nasceram em Goiás, tem 32 anos e, aparentemente, gostam do ambiente rural.

O BBB 21, vale lembrar, é a temporada do reality da Globo com a maior quantidade de participantes LGBTQI+. Foi a primeira vez, por exemplo, que dois homens se beijaram em pleno confinamento: ainda nas primeiras semanas do programa, Lucas Penteado ficou com Gil do Vigor em uma das festas da atração. A repercussão entre boa parte dos participantes foi tão negativa que o ator acabou desistindo horas depois do beijo no economista.

Assista ao vídeo em que o cantor sertanejo fala sobre a educação diferenciada dada aos gays e as mulheres:

Leia mais