LIVERPOOL X REAL MADRID

SBT humilha a Globo e marca maior ibope do ano com final da Champions

Foto da equipe de transmissão do SBT na final da Champions League
SBT teve melhor desempenho de 2022 e venceu a Globo com final da Champions League (foto: Reprodução/SBT)

O triunfo do Real Madrid diante do Liverpool na final da Champions League fez com que o SBT atingisse uma audiência recorde na tarde deste sábado (28): a emissora de Silvio Santos liderou o ibope na Grande São Paulo durante todo o período em que a bola rolou no Stade de France, em Paris, entre 16h36 e 18h32. O canal, habituado a registrar seus piores índices da semana nas tardes de sábado, conseguiu sair do quarto lugar para a liderança com o torneio europeu — o crescimento na comparação com o obtido pelo Programa Raul Gil nas últimas quatro semanas foi de 329%.

De acordo com os dados prévios de audiência da principal metrópole do país, obtidos pela reportagem do TV Pop com fontes do mercado, a vitória do clube espanhol alcançou um pico de 16,7 às 18h20 e teve uma média de 15,0 pontos, garantindo a sintonia de 28,7% dos televisores ligados na região. É o melhor desempenho da rede desde o dia 27 de novembro de 2021, quando a final da Libertadores entre Palmeiras e Flamengo marcou 27,3. Além disso, o número foi maior do que a soma dos índices obtidos pela Globo (10,8) e Record (3,8) simultaneamente. A Band marcou 2,4.

O bom desempenho da emissora de Silvio Santos começou antes mesmo do início oficial da partida: beneficiada pelo atraso de 36 minutos no apito inicial, motivado por uma confusão no lado externo do estádio, a cobertura especial do SBT assumiu a liderança às 16h em ponto, justamente no minuto originalmente previsto para o começo do jogo. Com isso, o canal liderou até com o show de encerramento feito pela cantora Camilla Cabello — durante a apresentação da artista, a rede teve média de 12,1 pontos, contra 10,2 da Globo, 3,0 da Record e 1,4 da Band.

Além das conquistas particulares, o SBT também impôs uma amarga derrota ao Caldeirão com Mion. Pela segunda vez na história, o formato de auditório da Globo perdeu a dianteira para uma concorrência: exibido das 15h48 às 18h25, o programa comandado por Marcos Mion pontuou 10,4 na Grande São Paulo, contra 13,7 pontos obtidos da final entre Liverpool e Real Madrid. Em terceiro lugar, surgiu a Record com 3,6 pontos, seguida por 2,1 da Band e 0,9 da TV Brasil.

Leia mais