MODELO

Letticia Munniz fala sobre relação com a moda: “Não vou me humilhar”

Foto de Letticia Munniz na Globo
Letticia Munniz falou sobre relação com a moda (foto: Reprodução/Globo)

Letticia Munniz usou as redes sociais para falar um pouco sobre a relação dela com a moda e com as marcas. A modelo plus size vem conquistando cada vez mais espaço desde que começou a trabalhar no Domingão com Huck e aparecendo semanalmente na Globo. A influenciadora revelou que é julgada em todos os lugares que frequenta.  “Eu trabalho com moda e nesse meio as pessoas dão valor pra gente através de usarmos o que está na moda”, começou ela.

A influenciadora mostrou uma roupa usada em uma passarela para expor o seu ponto de vista. “Esse look aí deu o que falar, todas as fashionistas usaram. Eu usei? Claro que não, essas marcas não querem pessoas como eu vestindo e não produzem numerações grandes. Fico chateada? Fico. Mas a vida segue. Não vou me humilhar fazendo uma peça parecida pra dizer que estou na moda. Se a marca não se importa com mulheres como eu, eu que não vou me importar com ela. Condição financeira pra fazer eles tem”, pontuou a modelo.

“Não usar essas coisas não muda meu valor nem como pessoa nem como profissional, eu continuo estilosa demais e gostosa demais. Resumindo, acho que a gente tem que usar o que se sente confortável e não o que tá na moda. Se você sentir vontade ouse, prove, tente, faça a sua própria moda sem se importar com o que os outros tão pensando. As pessoas acham que pra mim é mais fácil porque sou ‘famosa’ e o povo me atura sendo assim ou paga pau pra mim, mas eu ando em meio de gente magra e recebo olhares me julgando em todo lugar que vou, e eu percebo eles assim que eu entro nesses locais”, afirmou Letticia Munniz.

“Não só nos lugares que vou como até mesmo pessoas que me seguem me criticam. Pessoas que odeiam ser criticadas pelos familiares, amigos, namorado, e me seguem pra se libertar, entram aqui e fazem comigo o que não gostariam que fizessem com elas. A questão toda é que não me afeta. Mas pode afetar uma pessoa que não é bem resolvida como eu. Eu não sinto necessidade da aprovação de ninguém e nem me visto pra agradar ninguém que não seja eu. Essa desconstrução de tudo que a gente aprendeu e a construção do nosso amor próprio baseado no nosso valor e na nossa verdadeira essência é o que faz toda a diferença”, concluiu.

Leia mais