DENTRO DA SESSÃO DE SÁBADO

Globo testa O Cravo e a Rosa aos sábados para subir ibope do Caldeirão

O Cravo e a Rosa ganhará mais um dia de exibição
O Cravo e a Rosa será exibida dentro da Sessão de Sábado (foto: Reprodução/TV Globo)

A Globo irá testar mais uma mudança em sua programação já a partir desta semana: em uma movimentação inédita, a emissora usará a Sessão de Sábado para exibir um compacto dos melhores momentos dos capítulos da semana de O Cravo e a Rosa. A novidade, inicialmente válida apenas na área de cobertura da Rede Bahia, é parte de um pacote de reformulações da grade de sábado. Paralelamente, haverá outro teste: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Brasília vão ter um Globo Esporte maior neste dia da semana, servindo de vitrine para a rodada do futebol.

Além de servir como medida para aumentar o ibope do Caldeirão com Mion, o teste também serve como laboratório para eliminar a presença de Marcius Melhem da programação: demitido pela emissora em 2020, o humorista permaneceu no ar por conta das incessáveis reprises da Escolinha, exibidas para a maior parte do país nas tardes de sábado. A reportagem do TV Pop apurou que o canal tem pressa para eliminar o último resquício do comediante, especialmente pelos desdobramentos do escândalo de assédio que o envolve e voltou a pautar a imprensa nos últimos dias.

O movimento de contenção de danos, no entanto, não será feito apenas para desassociar a Globo de Marcius Melhem: a reapresentação do humorístico não registra bons índices de audiência na maior parte do país. No entanto, a produção de um conteúdo feito exclusivamente para o horário que antecede o programa de Marcos Mion é inviável: o espaço é totalmente destinado para que as afiliadas da emissora possam veicular atrações regionais. A Escolinha, assim como a Sessão de Sábado, são veiculadas apenas em cidades que não tem conteúdo local o suficiente para a faixa.

A escalação dos compactos de O Cravo e a Rosa para a Sessão de Sábado também tem o intuito de diminuir o desperdício de filmes com um espaço que sequer é transmitido em cadeia nacional. Com o avanço das plataformas de streaming, que não raramente exigem exclusividade em seus conteúdos, o catálogo de produções cinematográficas da líder de audiência diminuiu bastante, e a escalação de longas passou a ser feita com mais cautela. Foi por isso, por exemplo, que o Corujão chegou ao fim nos dias úteis, sendo trocado por reprises de Cara e Coragem e Vai Que Cola.

No caso das edições maiores do Globo Esporte, que serão testadas inicialmente apenas nas cidades diretamente controladas pela cabeça-de-rede, a mudança de programação é uma tentativa de apaziguar os ânimos das afiliadas da emissora. Diversas regionais reclamaram do aumento da duração do telejornal local da hora do almoço, que ganhou mais 15 minutos em todo o país, dizendo não ter conteúdo o suficiente para tanto tempo de produção — até o final de junho, apenas regiões com audiência problemática começavam o Praça TV às 11h45.

A ampliação do esportivo aos sábados, quando os jornalísticos mais sofrem para ter conteúdo, foi a forma que a Globo encontrou para amenizar a exaustão das equipes das regionais — neste dia, é habitual que a mesma equipe seja responsável pelo fechamento das duas edições dos telejornais locais. O Globo Esporte, mesmo também sendo feito pelas afiliadas na maior parte do país, tem o auxílio de reportagens enviadas previamente pela Agência GE, que também disponibiliza sinais de entradas ao vivo de repórteres espalhados pelo país mesmo para as edições locais.

Tão logo a emissora prove que suas análises estão certas (o departamento de pesquisa da rede diz que a audiência da faixa não sofrerá grande alteração), o novo horário do Globo Esporte irá ser implantado nacionalmente. No caso dos compactos de O Cravo e a Rosa dentro da Sessão de Sábado, trata-se de uma mudança mais complexa: por enquanto, a emissora trata o assunto apenas como uma “iniciativa pontual” da afiliada — leia o posicionamento completo da emissora no final deste texto.

Outras movimentações do gênero já foram feitas em outras regiões: em 2013, a emissora fez testes simultaneamente em Vitória e em Brasília para definir a sua nova programação vespertina. Na afiliada do Espírito Santo, a Sessão da Tarde passou a ser veiculada depois do Jornal Hoje, enquanto o Vídeo Show foi transferido para a faixa das 17h, fazendo dobradinha com Malhação. Para a capital do país, só a Sessão da Tarde e o Vale a Pena Ver de Novo tiveram seus horários invertidos. O segundo arranjo teve mais sucesso e foi implantado nacionalmente, seguindo no ar até hoje.

Consultada pela reportagem do TV Pop, a Central Globo de Comunicação confirmou as novidades na programação. “A exibição do resumo de O Cravo e a Rosa aos sábados é uma ação pontual somente da Rede Bahia. A exibição será dentro do slot da Sessão de Sábado. No caso do Globo Esporte, a mudança faz parte de uma estratégia de programação local aos sábados e vale apenas em algumas praças”, afirmou a emissora.

Leia mais