MATHEUS PIRES

Participante de No Limite é diagnosticado com varíola dos macacos

Foto de Matheus Pires, participante de No Limite
Matheus Pires foi diagnosticado com varíola dos macacos (foto: Reprodução/TV Globo)

Matheus Pires, que participou da última temporada do No Limite, da Globo, foi diagnosticado com varíola dos macacos. Por meio das redes sociais, a equipe do ex-participante publicou um comunicado para o público na quinta-feira (7), informando que ele está internado e que, diante disso, não pode comparecer ao dia final do reality de sobrevivência.

“No início da semana, Matheus começou a apresentar alguns sintomas de “Monkeypox” (varíola dos macacos) e prontamente fez o exame. Ontem (06/07) foi confirmado a infecção pela varíola. Com isso, ele precisou ser internado e não vai comparecer à final do programa No Limite, da TV Globo, nesta quinta-feira (07/07) no Rio de Janeiro. Pedimos a todos que mandem energias positivas para que ele se recupere o quanto antes e logo possa estar de volta. Por enquanto ele se encontra estável e, assim que puder, vem aqui explicar tudo para vocês”, diz o comunicado.

Natural do Rio de Janeiro, Matheus acabou sendo eliminado do reality em 9 de junho e durante a sua participação, acabou chamando atenção do público por conta da estratégia adotada dentro do programa, na intenção de não se votado pelos concorrentes e consequentemente não ser eliminado da atração da Globo.

No Limite fracassa de novo e temporada termina com pior ibope da história

A Globo bem que tentou, mas a sexta temporada de No Limite passou longe de ser um sucesso. Mesmo com as várias mudanças na competição de sobrevivência, que foram de mais exposição na programação da emissora (foram dois episódios por semana, contra um da edição de 2021) até a retirada de regalias dos participantes para aumentar a competitividade, o formato acabou com os piores índices de audiência da história pelo segundo ano consecutivo — e deu prejuízo financeiro para o canal, que viu as cotas publicitárias encalharem com a repercussão baixa e o ibope ruim.

De acordo com os dados consolidados de audiência da Grande São Paulo, obtidos pela reportagem do TV Pop com fontes do mercado, a sexta temporada de No Limite acumulou média de 16,1 pontos ao decorrer de seus 20 episódios. O índice representa uma queda de 8% na comparação com o resultado da quinta edição, realizada após um hiato de 12 anos, que teve média de 17,5. A situação é ainda mais alarmante na comparação com os primeiros ciclos do formato, que chegou a ter uma média geral de 47 pontos em sua primeira temporada, entre julho e setembro de 2000.

Mesmo com a rejeição da crítica especializada e do mercado publicitário, a Globo ainda não se deu por vencida: no mesmo dia em que a atração teve a pior audiência do ano e foi humilhada por um jogo do Corinthians transmitido pelo SBT, a emissora anunciou que o formato comandado por Fernando Fernandes ganhará mais uma chance e abriu inscrições para a temporada de 2023. O prognóstico, no entanto, não tem sido positivo para realities desde o final do Big Brother Brasil 22: o Power Couple, que estreou junto com o projeto da líder de audiência, também não escapará de terminar sua temporada com o pior ibope da história.

Leia mais