SBT ataca esporte da Globo e negocia com a comentarista Nadine Bastos

Revelada pela Fox Sports, Nadine Bastos negocia trocar a Globo pelo SBT (foto: Reprodução)
Revelada pela Fox Sports, Nadine Bastos negocia trocar a Globo pelo SBT (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Primeira mulher a atuar como comentarista de arbitragem na TV brasileira, Nadine Bastos está se aproximando de um acordo com o SBT. Ela, que foi árbitra-assistente da FIFA até 2017, foi contratada pela Globo em julho de 2020 para reforçar o time do esporte da emissora, que até então era majoritariamente composto por homens. Antes disso, a comentarista também teve passagem marcante pela Fox Sports — durante três anos, ela foi contratada do canal esportivo e participou de eventos como a Copa do Mundo de 2018 e a Libertadores da América.

De acordo com o jornalista Flávio Ricco, em sua coluna publicada no portal R7, dois nomes foram fundamentais para a aproximação dela com o SBT. Teo José, principal narrador dos eventos esportivos da emissora de Silvio Santos, e Sidney Bortotto, editor-executivo do departamento — os três trabalharam juntos na Fox Sports e viraram próximos desde então, mesmo com os diferentes caminhos trilhados por cada um.

A tendência é de que Nadine Bastos não complete nem um ano como funcionária da Globo, emissora que ela definia como “um novo momento” em sua vida.

“Estou muito feliz por fazer parte da equipe de comentaristas de arbitragem da Globo. É um novo momento na minha vida, um novo ciclo na minha carreira. Estou bem motivada. Para mim, é importante, é um momento para inspirar novas mulheres a entrar no esporte, a seguir o sonho delas. Acho que a responsabilidade aumenta cada vez mais por abrir uma porta para que outras mulheres possam seguir esse caminho”, afirmou ela, em entrevista concedida ao Globo Esporte poucos dias depois de sua contratação.

As negociações da comentarista com o SBT vieram a público poucas horas depois da emissora ser apontada como a nova casa da Copa América. Além da competição entre as nações da CONMEBOL, Silvio Santos também adquiriu recentemente a Champions League para o portfólio dos eventos da rede, que já tinha a Copa do Nordeste e a Libertadores da América, além da alguns torneios estaduais.

Leia mais