DESABAFOU

Dedé fala sobre suposta puxada de tapete de Renato Aragão na Globo

Foto do humorista Dedé Santana
Dedé Santana falou sobre suposto pedido de demissão da Globo feito por Renato Aragão (foto: Reprodução)

O ator Dedé Santana, que por muitos anos foi um dos protagonistas do programa Os Trapalhões, resolveu se pronunciar sobre a fala do documentarista Rafael Spaca, que afirmou em entrevista que Renato Aragão, o Didi, pediu a demissão dele e de Mussum da Globo. Em um vídeo enviado para a Hora da Venenosa, quadro do Balanço Geral, da Record, o famoso conta que nunca soube de nada relacionado sobre esse tema, além de afirmar ter uma boa relação com o colega de profissão.

“Olha, saiu que o Renato Aragão tinha pedido a minha cabeça [na Globo]. Realmente eu não estou por dentro desse assunto, eu nunca ouvi falar isso. Tem que perguntar e fazer o esclarecimento com quem falou”, disse o artista, que após deixar a Globo estrelou Dedé e o Comando Maluco, transmitido pelo SBT entre os anos de 2006 e 2008.

“Eu não considero o Renato Aragão somente meu amigo, meu colega de trabalho. Eu considero o Renato meu irmão, um cara que tem o maior carinho comigo, ele e a esposa [Lilian Aragão]. A gente se fala todo dia, estou sempre visitando ele”, completou o comediante, que fez sua última participação em uma produção de TV na série Treme Treme, do Multishow.

Dedé Santana afirma que Trapalhões impediram Gugu de ir para a Globo

Durante entrevista ao SCC, afiliada do SBT em Santa Catarina, Dedé Santana revelou que Os Trapalhões quase trocaram a Globo pelo canal de Silvio Santos, que precisou “devolvê-los” para impedir a saída de Gugu Liberato (1959-2019). Ele conta que na época da negociação, a trupe estava brigada com Renato Aragão e havia decidido criar uma empresa paralela para cuidar da administração de suas carreiras. Depois disso, no meio dessa confusão, surgiu a proposta para que fossem trabalhar ao lado do dono do Baú em 1988.

“Silvio Santos chamou a gente. Já estávamos com as salas, tudo preparado. Mas aí o Silvio teve um problema de voz, de garganta, e a Globo tinha contratado Gugu Liberato”, relembrou Dedé, contando que Silvio Santos viajou até o Rio de Janeiro, na intenção de impedir a estreia de Gugu na Globo. Ele conseguiu a impedir a estreia de seu pupilo na líder de audiência após negociar diretamente com Roberto Marinho (1904-2003), mas teve que abrir mão da contratação dos humoristas para evitar a transferência do apresentador.

Leia mais