Eliana e Adriane Galisteu vão estar em documentário da Globo sobre Hebe

Documentário sobre Hebe Camargo terá participação de apresentadoras da Record e do SBT (foto: Estevam Avellar/TV Globo)
Documentário sobre Hebe Camargo terá participação de apresentadoras da Record e do SBT (foto: Estevam Avellar/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Depois da série e do filme, a Globo se prepara para lançar um documentário sobre a trajetória de Hebe Camargo. Batizado de Sofá da Hebe, o projeto deverá ser lançado pelo Globoplay em 17 de maio e irá contar a história da apresentadora mais prestigiada da história da televisão brasileira. A produção, que foi feita praticamente em sigilo, contará com a participação de um verdadeiro esquadrão de celebridades, inclusive de emissoras rivais, como Eliana Michaelichen (SBT) e Adriane Galisteu (Record).

Além das loiras, outros nomes já estão confirmados no documentário. Representando a Globo, Fátima Bernardes e Luciano Huck já gravaram depoimentos para a atração. Nany People, que esteve no sofá da apresentadora diversas vezes, também participará da atração, assim como o cantor Agnaldo Rayol, a atriz Luíza Brunet e a ex-deputada Cidinha Campos, que foi casada com o novelista Manoel Carlos durante alguns anos.

Com o Sofá da Hebe, a Globo planeja minimizar as críticas recebidas pela controversa versão dramatúrgica da história da apresentadora. Para boa parte da imprensa especializada e até para o filho dela, o filme e a série produzidos pela emissora não eram retratos fiéis da realidade. Marcello Camargo afirmou publicamente que não reconheceu a sua mãe nas produções, e negou que ela tomasse uísque antes de gravar seus programas. “Eu não posso deixar o Brasil ter essa imagem dela”, afirmou ele, em entrevista para o Domingo Espetacular.

A produção já está em fase de pós-produção e teve as suas primeiras peças publicitárias finalizadas há alguns dias. O documentário será divulgado com o slogan “no sofá da Hebe sempre cabia mais um” e, muito provavelmente, terá espaço na programação da TV Globo no final do ano, assim como aconteceu com a série produzida pela plataforma, que foi transmitida na íntegra entre julho e outubro de 2020, com índices de audiência razoáveis.

Com a colaboração de Gabriel de Oliveira

Leia mais