Record não se decide e troca o nome do reality de Sabrina Sato outra vez

Sabrina Sato vai apresentar A Ilha dos Famosos, novo reality da Record, se ele realmente sair do papel (foto: Divulgação)
Sabrina Sato vai apresentar A Ilha dos Famosos, novo reality da Record, se ele realmente sair do papel (foto: Divulgação)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A produção do novo reality de Sabrina Sato na Record continua em marcha lenta. Por mais que a emissora negue que esteja cogitando adiar a estreia do formato para 2022, os executivos seguem batendo cabeças em praticamente tudo que envolve a atração. A desorganização interna em relação ao programa é tanta que ele mudou de nome pela quarta vez em apenas um ano: quando tudo começou, o projeto se chamava A Ilha do Tesouro. Em um segundo momento, o tesouro ficou pra lá e virou simplesmente A Ilha. Depois, a atração se tornou um verbo: Ilhados. Agora, a bola da vez é o nome A Ilha dos Famosos — que foi utilizado em uma nova peça publicitária sobre os realities da emissora.

E acredite: não será uma surpresa se a atração mudar de nome mais uma vez até a sua estreia, que ninguém arrisca cravar quando acontecerá. Aparentemente, a cúpula da Record tem se esquecido de analisar o Instituto Nacional da Propriedade Industrial para batizar a sua criação. Dos quatro nomes cogitados até agora, três deles são ou já foram registrados por outras empresas, inclusive por outras emissoras de televisão.

O simplório A Ilha é de propriedade da RedeTV! há duas décadas e continuará nas mãos da emissora até 2027, sendo que pode ser renovado por ainda mais tempo. Ilhados, por sua vez, é da produtora Chango e foi utilizado até mesmo pela cantora Anitta, que usou o verbo em um programa patrocinado por uma cervejaria. O atual A Ilha dos Famosos era da RedeTV! até 2019, ano em que a emissora abriu mão do título — que já foi disputado pela Editora Caras. Só o primeiro título, A Ilha do Tesouro, nunca teve nenhum registro de conteúdo televisivo no INPI.

A Record, por sua vez, continua sem registrar nomes para o seu formato autoral. A emissora não registra marcas no órgão desde novembro do ano passado, quando protocolou a solicitação de patente de nomes como A Casa da Mãe Joana, Lockdown, Ameaça Invisível e Plantão Black Friday. Nos bastidores, apesar da rede bater o pé e garantir que a atração realmente será produzida em 2021, ninguém tem coragem de cravar que ela sairá do papel ainda este ano.

TV Pop apurou que o mercado publicitário foi arredio nos poucos contatos promovidos pela empresa para tentar comercializar o programa de Sabrina Sato. Antes vista com bons olhos pelos anunciantes, a competição caiu em uma desgraça acidental pela semelhança com No Limite, que tem monopolizado a atenção das marcas para os próximos meses. Contra a Record, também pesou o fato de que pouco se conhece do formato: até agora, a única certeza é de que serão 13 celebridades confinadas em uma ilha e que elas serão submetidas a uma série de desafios físicos.

Com as recusas do mercado, a emissora decidiu tirar A Ilha dos Famosos (ou seja lá qual for o nome) da página de seu site comercial que divulgava os realities confirmados para 2021. Desde a semana passada, quem acessa ao portal se depara apenas com o Power Couple Brasil, A Fazenda 13 e o Top Chef. Mesmo com tudo isso, há quem diga que os participantes já estão até escolhidos e serão confinados no final de maio, para que o reality possa ser gravado a partir de junho — sim, a rede planeja transmitir o reality inteiramente gravado, apenas com a sua final ao vivo.

Leia mais