César Tralli recusa proposta milionária da CNN Brasil e escolhe ficar na Globo

César Tralli recusou proposta milionária da CNN Brasil (foto: Divulgação/TV Globo)
César Tralli recusou proposta milionária da CNN Brasil (foto: Divulgação/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A CNN Brasil continua em sua infindável saga de tentar atrair profissionais das emissoras concorrentes para reforçar o seu time de âncoras e analistas: o canal de notícias tentou, mais uma vez, contratar o jornalista César Tralli, atual apresentador titular do SP1 e do Edição das 18h. O marido de Ticiane Pinheiro é um dos maiores sonhos de consumo da emissora, porém, recusou todas as propostas feitas até hoje e sinalizou aos emissários da rede que nenhuma cifra é capaz de lhe tirar do quadro de funcionários da Globo.

A reportagem do TV Pop apurou que a CNN Brasil ofereceu, em sua sondagem mais recente, vencimentos duas vezes maiores que os atuais do jornalista. Além disso, o canal de notícias sinalizou que estaria disposto a pagar qualquer valor de multa para conseguir o contratar. Tralli, educadamente, recusou mais uma vez a proposta e afirmou que está muito feliz em seu atual emprego.

A amigos próximos, César Tralli confidenciou que tem “sangue da Globo” correndo em suas veias e que dificilmente alguma outra proposta de trabalho lhe motivaria tanto quanto os desafios que ele tem tido na emissora carioca. O jornalista se tornou um nome indispensável para a GloboNews e teve a deferência de conduzir a cobertura eleitoral do canal de notícias no ano passado, substituindo Heraldo Pereira, um dos medalhões do Jornalismo da casa.

Nos bastidores, comenta-se de que Tralli sabe de que o seu futuro será muito maior que o SP1 e o Edição das 18h. A bolsa de apostas para o pós-pandemia aponta para a sua promoção para a bancada do Jornal Hoje, em rede nacional, como último passo para a preparação da sucessão de William Bonner, que deverá deixar o posto de âncora e editor-chefe do Jornal Nacional em até dois anos. Durante a pandemia, o marido da apresentadora do Hoje em Dia tem começado seu expediente na Berrini por volta das 9h, e só sai da emissora depois das 20h, o que tem sido visto com bons olhos pela diretoria da Globo, que o enxerga como um dos mais valiosos nomes da casa na atualidade.

Leia mais