Ana Maria Braga fala sobre como descobriu a morte de Louro José

Ana Maria Braga falou sobre a morte de Louro José em participação no Altas Horas (foto: Reprodução/TV Globo)
Ana Maria Braga falou sobre a morte de Louro José em participação no Altas Horas (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Em uma entrevista exclusiva para o Altas Horas, Ana Maria Braga quebrou o silêncio e contou como foi comunicada da morte de Louro José. A apresentadora revelou ao programa da Globo que foi alertada sobre o falecimento do ator Tom Veiga por meio de um aplicativo de mensagens, já que ela não estava na mesma cidade que ele. “Passa um filme na sua cabeça. A gente ficou juntos durante 25 anos diariamente. Preferiram quem nos faça sorrir do que chorar”, desabafou a veterana, na edição do programa transmitida neste sábado (22).

“Eu estava em São Paulo, ele estava no Rio de Janeiro. A crise sanitária já estava acontecendo, foi em novembro do ano passado… nós já estávamos, eu e ele, fazendo o programa aqui de São Paulo, na minha casa. Então ele vinha, e era um final de semana. Ele estava no Rio de Janeiro, no seu final de semana. E eu estava em casa. E de repente me passam um Whats dizendo ‘o Louro morreu, o Tom morreu’. Enfim… aí passa um filme na sua cabeça”, contou.

“Ele era um filho, é um filho pra mim. A gente ficou juntos durante 25 anos diariamente. Então, hoje em dia no estúdio eu mantive essa formatação, que você deve ter visto, que tem o lugar dele lá. É o lugar do Louro, e o lugar do Louro está ali. E eu não sei o que será… mas sem duvida alguma, o lugar dele ficará lá para sempre. E ele, claro, claro que eu me lembro dele. De vez em quando eu digo, ‘se o Louro estivesse aqui, ele diria isso'”, afirmou ela.

“Eu até evito falar muito porque fica parecendo uma conversa de maluco, falando comigo mesmo, sabe? Mas eu sei o que ele responderia em uma situação daquela. E essa é uma saudade que eu acho que todo mundo tem… alguém que não é o meu filho de sangue, mas é o meu filho de alma. E eu acho que a gente vai sentir pra sempre, principalmente por ser uma relação tão íntima e tão boa, de tanta alegria. A gente deve casar com quem faz a gente rir, sorrir pelo menos. Prefiram quem nos faça sorrir do que chorar”, disse Ana Maria Braga.

Intérprete de Louro José, Tom Veiga morreu em 1º de novembro de 2020. O intérprete do papagaio mais famoso da televisão brasileira foi encontrado desacordado em sua casa, no Rio de Janeiro, em decorrência de um aneurisma cerebral, que se rompeu e provocou um AVC hemorrágico. Desde então, a herança do ator virou alvo de uma grande disputa midiática. Sua última mulher, Cybelle Herminio, chegou a conceder uma entrevista para a Record dizendo que ele era visto como um “caixa eletrônico” pelos filhos.

Leia mais