Caldeirão do Huck substituirá Faustão e Globo irá criar novo programa para os sábados

Luciano Huck ocupará o espaço de Faustão na programação de domingo da Globo (foto: Globo/Divulgação)
Luciano Huck ocupará o espaço de Faustão na programação de domingo da Globo (foto: Globo/Divulgação)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Globo deu início aos trabalhos para montar sua nova programação de sábado que estreará em 2022. A direção da emissora encomendou pesquisas sobre o perfil de público que assiste televisão nesse dia da semana para definir como ficará a grade depois da saída de Luciano Huck para os domingos. O marido de Angélica adiou o sonho de ser presidente do Brasil para substituir Faustão. De acordo com informações da colunista Patricia Kogut, de O Globo, os primeiros estudos da nova grade de sábado foram apresentados na semana passada.

A rede carioca já começou a pré-produção do programa de Luciano Huck que vai substituir Faustão na programação de domingo a partir de janeiro. De acordo com informações do site NaTelinha, a emissora corre contra o tempo para apresentar o projeto ao mercado publicitário até setembro, já que a maioria das empresas fechará o planejamento de mídia do ano que vem até o mês de outubro.

Apesar de a Globo ainda não confirmar a informação oficialmente, já foi decidido que Luciano Huck ocupará o espaço deixado por Faustão, que está de malas prontas para a Band. A emissora carioca não quer colocar filmes na programação de 2022 e correr o risco de reduzir o faturamento. A pressa com a formatação do novo projeto é para conseguir vender a atração a tempo de o mercado publicitário reservar investimentos para o novo programa.

Luciano Huck renovou o seu contrato antecipadamente com a Globo e continuará na empresa por mais quatro anos, pelo menos até julho de 2025. Com isso, ele optou por adiar novamente seu sonho de ser presidente do Brasil e continuará longe das urnas. Inicialmente, a Globo não queria colocar um programa de auditório no lugar de Faustão para não haver comparações e risco de o público achar que houve alguma puxada de tapete.

Leia mais