Escolha de Adriane Galisteu para A Fazenda gerou ciumeira na Record

Adriane Galisteu foi escolhida para apresentar A Fazenda 13 (foto: Reprodução/Record)
Adriane Galisteu foi escolhida para apresentar A Fazenda 13 (foto: Reprodução/Record)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

O clima nos bastidores da Record não está nada amistoso desde que a emissora decidiu que Adriane Galisteu será a próxima apresentadora de A Fazenda. Sua escolha, apesar de previsível por conta dos bons índices de audiência do Power Couple Brasil e da boa relação com o mercado publicitário, deixou diversos apresentadores revoltados. Desde o anúncio de que a emissora demitiu Marcos Mion, muitos contratados da rede se apressaram em pedir ajuda para colegas da imprensa para que fossem lembrados pelos executivos da empresa.

Nos últimos meses, incontáveis nomes foram especulados para substituir o atual contratado da Netflix, e o que mais chegou perto de um acerto para a vaga sequer trabalha na Record. Caio Castro chegou a se aproximar da emissora e foi até convidado do Domingo Espetacular para uma pauta fora da linha editorial da revista eletrônica, mas o acerto acabou azedando depois que a notícia vazou antes da hora. Miguel Falabella também aceitou negociar com o canal, mas declinou da proposta para seguir no Show dos Famosos, achando que seria a última temporada com Faustão.

A reportagem do TV Pop apurou que três apresentadores estão inconsoláveis com o anúncio oficial de que a disputa acabou e que A Fazenda 13 será comandada por Adriane Galisteu. Um deles, âncora de um telejornal policial, nunca escondeu seu desejo em migrar para o entretenimento, e fez de tudo para se aproximar dos executivos do setor, mas não teve sucesso, e acabou sendo descartado ainda na primeira fase de nomes cogitados. Para a alta cúpula, ele ficou marcado pelo editorial sensacionalista de seu programa, e dificilmente conseguirá sair dele algum dia.

O outro nome, que também está no departamento de Jornalismo, era visto como o “azarão” da disputa. Ele é visto como um profissional dedicado, por mais que viva arrumando confusão com seus colegas de trabalho, e sempre topa qualquer projeto oferecido pela diretoria da emissora. Recentemente, acabou tendo a passagem pelo entretenimento abreviada por conta de um problema de saúde, e acabou voltando para o Jornalismo. Popular, seu nome até era visto com bons olhos, mas foi descartado por não conseguir atrair bons anunciantes.

Já o terceiro e o último nome faz parte do entretenimento da Record. Assumidamente workaholic e obcecado em ter bons números de audiência, o apresentador está enfrentando a pior fase de sua carreira em seu programa atual, que virou um Frankenstein televisivo para tentar reverter as frequentes derrotas para a rival.

Para ele, ser escolhido para A Fazenda representaria uma oportunidade de limpar a sua imagem com o público, arranhada após um episódio controverso envolvendo um colega de trabalho. Mas não rolou… os executivos da emissora não tem memória curta, e se lembraram que o coleguinha bateu o pé para aceitar ordens há algum tempo.

Leia mais