Craque Neto se revolta com comentários homofóbicos de Sikêra Jr.

Apresentador Craque Neto ficou nervoso e detonou Sikêra Jr. (foto: Band/Reprodução)
Apresentador Craque Neto ficou nervoso e detonou Sikêra Jr. (foto: Band/Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Craque Neto se revoltou com os comentários homofóbicos de Sikêra Jr., da RedeTV!, e detonou o apresentador do Alerta Nacional na edição desta quarta-feira (30) do programa esportivo Os Donos da Bola, na Band. Ele havia feito uma brincadeira com um colega da atração, mas parou o programa para ponderar que ofensas homofóbicas e racistas não podem ser toleradas. “A gente não pode, por exemplo, ter esse jornalista Sikêra Jr. falar o que ele falou sobre os homossexuais, sobre a Burger King. Aí depois, no outro dia, o cara pede desculpas. Sabe por que ele pediu desculpas? Porque os patrocinadores saíram fora de lá [do programa Alerta Nacional]. Ou você pensa assim ou não pensa. Ou você é homem ou não é homem”, afirmou Neto.

“Não adianta você só falar só pra ganhar dinheiro do governo [federal]. É seu pensamento, esse? Se for seu pensamento espero que um dia você não me encontre. Porque o dia que você me encontrar, em qualquer lugar, você vai ver só. Eu e você em um lugar fechado você falar isso pra mim”, se revoltou o apresentador esportivo. Neto desafiou os donos da RedeTV!, Amilcare Dallevo Jr. e Marcelo de Carvalho, a ligarem na Band para reclamar de sua posição contra as ofensas proferidas pelo apresentador da concorrente: “Aí depois, na hora que a corda vem no seu pescoço, ‘ai me desculpa’. Desculpa nada, o seu pensamento é esse. Você é homofóbico. E muito. E eu não tenho medo de você. E nem de quem é dono da RedeTV!. E se quiser ligar aqui pra Band pode ligar a hora que quiser. Porque aqui não tem isso [crime de homofobia]”.

“Eu não peço desculpas pelos meus erros. Eu queria te encontrar um dia, cara. É porque eu não sei aonde você vai. Talvez você vá até em lugar que eu não vou. Não adianta pedir desculpas, você tem que aprender com os seus erros”, finalizou Craque Neto. Na sexta, Sikêra reclamou de uma campanha publicitária produzida pelo Burger King para ressaltar a importância do dia do orgulho LGBTQIA+. Ele usou parte do jornalístico da RedeTV! para dizer que o comercial da rede de fast-food tinha viés comunista, era “lacrador e nojento”, e se referiu aos homossexuais como “nojentos” e uma “raça desgraçada”. Após perder patrocinadores, ele pediu desculpas nesta terça-feira (29).

Leia mais