Globo escala Huck, Ivete, Iza e Maju para comandar o Criança Esperança

Globo convocou Luciano Huck, Ivete Sangalo, Maju Coutinho e Iza para apresentar o Criança Esperança (foto: Montagem/TV Pop)
Globo convocou Luciano Huck, Ivete Sangalo, Maju Coutinho e Iza para apresentar o Criança Esperança (foto: Montagem/TV Pop)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Globo já definiu quem irá apresentar a 36ª edição do Criança Esperança, com exibição confirmada para o próximo mês. De acordo com a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a emissora decidiu que irá apostar em nomes que estão em alta e conquistando espaços em sua programação para comandar a campanha.

Luciano Huck, que em breve irá assumir os domingos da emissora; Ivete Sangalo, que estreará em agosto como apresentadora da versão brasileira de The Masked Singer; a jornalista Maju Coutinho, âncora do Jornal Hoje; e a cantora Iza, técnica do The Voice Brasil, vão apresentar o show diretamente dos Estúdios Globo, com a participação de grandes encontros da música brasileira. Respeitando todas os protocolos de segurança e distanciamento social, as apresentações vão contar com soluções criativas e tecnologia para levar emoção ao público.

O show do Criança Esperança será exibido na segunda-feira, dia 23 de agosto, após Império, e reunirá também um time de estrelas da música. Assim como em 2020, por conta das determinações da Organização Mundial da Saúde e da necessidade de manter um mínimo distanciamento social, a campanha teve que se reinventar e alguns números serão produzidos remotamente, alternando participações feitas à distância com as as apresentações no palco.

Fruto de uma parceria entre a entre a TV Globo e a UNESCO, a campanha em 2021 terá como foco a qualidade da educação básica, em sintonia com o contexto de crise vivenciado neste ano e com a forma como ela vem afetando o funcionamento das escolas.
No ano passado, em uma campanha diferente realizada outra vez meio à necessidade de isolamento social, a 35ª edição do Criança Esperança conseguiu arrecadar mais de R$ 13 milhões para o fundo administrado pela Unesco. O dinheiro, garantido por empresas e pela Globo, assegurou o trabalho de 111 projetos de apoio às crianças no Brasil.

Leia mais