Em fase difícil na Record, Geraldo Luís desabafa e espera bondade divina

Geraldo Luís desabafou sobre fase difícil no Balanço Geral Manhã (foto: Reprodução/Record)
Geraldo Luís desabafou sobre fase difícil no Balanço Geral Manhã (foto: Reprodução/Record)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Com os dias contados no Balanço Geral Manhã, Geraldo Luís decidiu usar as redes sociais para desabafar sobre a sua difícil fase profissional. O apresentador da Record disse que “todos tem que passar por fases” e que acredita que tudo irá passar, por mais que possa levar tempo. “Não se apresse nem fique doente querendo resolver por hoje… porque? Porque agora não! Todos temos que passar por fases e momentos onde somos espremidos ou testados”, afirmou ele.

“A bondade divina conhece você e está de olho como se comporta. Tenha dignidade até em momentos de sofrimento, sabendo que a vida cuida de algo que nunca teremos a capacidade de mudar. Na hora certa vem mudança, na hora dos céus o curso muda. Use sua calma na alma. Tudo passa…. em 10 anos ou 10 segundos, mas passa”, constatou o apresentador, que já tem se oferecido até mesmo para comandar um possível Record Rural. Dias antes, ele já havia refletido sobre a sua vida e dito que o mundo andava “pesado demais”.

“Alguns só vivem, acordam e levantam de suas camas. Outros sabem que carregam deveres e obrigações. Tudo que temos é um aluguel, da cueca ou calcinha até a casa que moramos. Nada é nosso, exceto o bem que fizermos, isso levaremos. Não perca tempo pois não temos. Não perca oportunidade de ser útil, caridoso. O mundo já anda pesado demais”, disparou o âncora do Balanço Geral Manhã.

A preocupação de Geraldo Luís tem motivo. Insatisfeita com os baixos índices de audiência do telejornal comandado por ele, a Record já não disfarça que está em busca de outro apresentador para tentar tirar a emissora do indigesto terceiro lugar matinal. Em paralelo a isso, os executivos da rede tem se esforçado para, ao menos, dar alguma chance de reação para o jornalista. Nos últimos dias, o canal até disparou mensagens em massa para celulares do estado de São Paulo implorando para que o público assistisse ao jornalístico.

 

Leia mais