Repórter do Jornal Nacional pede demissão da Globo para realizar um sonho

Ex-repórter do Jornal Nacional, Juliana Perdigão deixou a emissora para realização de um sonho (foto: Reprodução)
Ex-repórter do Jornal Nacional, Juliana Perdigão deixou a emissora para realização de um sonho (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Repórter do Jornal Nacional em Minas Gerais, Juliana Perdigão pediu demissão da Globo e deixou a emissora após 21 anos. Em suas redes sociais, a jornalista anunciou a saída da televisão para realização de um sonho. “Depois de 21 anos como jornalista de TV, decidi usar o conhecimento que adquiri para realizar um sonho”, escreveu em seu perfil no Instagram na semana passada. Ao colunista Gabriel Vaquer, do Notícias da TV, Perdigão contou que vai trabalhar na orientação para jovens jornalistas.

“Começo agora o marco de uma mudança! Um ponto de virada! Depois de 21 anos como jornalista de TV, decidi usar o conhecimento que adquiri para realizar um sonho. O primeiro projeto já está saindo do forno e já já vocês vão saber! Quero agradecer a cada um de vocês pela companhia durante esses anos na TV e dizer que agora a gente se vê aqui! Cada vez mais! Em breve, trago detalhes e as outras novidades! Estou muito feliz e animada pra começar!”, disse Juliana Perdigão aos seus seguidores da rede social de fotos.

Em conversa com o Notícias da TV, Juliana Perdigão contou que queria lançar um projeto de ensinar criação de conteúdo, mas que seria impossível conciliar as duas atividades porque a Globo exige exclusividade dos seus profissionais. Por isso, então, ela optou por pedir demissão. A profissional começou na emissora em 2000, trabalhou nas reportagens dos telejornais locais de Minas Gerais e virou repórter do Jornal Nacional, Jornal Hoje, Jornal da Globo e Fantástico.

 

Leia mais