Viacom demite diretor que chamou Rafael Portugal e outros humoristas de “idiotas”

Diretor que ofendeu Rafael Portugal e outros humoristas foi demitido pela Viacom (foto: Globo/Victor Pollak)
Diretor que ofendeu Rafael Portugal e outros humoristas foi demitido pela Viacom (foto: Globo/Victor Pollak)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A programadora Viacom, dona de canais como MTV e Comedy Central, demitiu o diretor de talentos e música, Caio Corsalette, após o executivo chamar os comediantes Thiago Ventura e Rafael Portugal e outros profissionais do humor de “idiotas”. De acordo com informações do colunista Guilherme Amado, do Metrópoles, Corsalette foi confrontado pela humorista Manu Maciel em uma chamada, que foi gravada e compartilhada por ela nas redes sociais.

“Você ofende uma classe da comédia, você nomeia pessoas com quem você acabou de trabalhar e eu aposto qualquer coisa que você não é homem o suficiente para falar na frente desses caras que eles são idiotas”, provocou Manu Maciel. “Você não vai ofender as pessoas da minha classe de maneira gratuita”, completou.

O ex-diretor da Viacom riu e desdenhou, questionando qual a classe dela. “O que você é, Manu?”, perguntou. A humorista respondeu: “Eu sou comediante, classe que você acabou de chamar de idiota”. “Manu, é bom que eu nunca vou te contratar, velho”, disse Corsalette. Quando a comediante disse que trabalhava no Comedy Central, que pertence à Viacom, ele afirmou que seria bom demiti-la.

Corsalette tentou justificar a postura e falas ofensivas alegando que tratou os membros da reunião como se estivessem na sala de sua casa. “Na sala da minha casa eu não consumo esse tipo de comédia, apesar de eu patrocinar, promover e pagar o salário dessas pessoas”, afirmou.

Na publicação, os humoristas Gregório Duvivier, Fábio Porchat e Rafael Portugal, contratado do Comedy Central, agradeceram a Manu Maciel por ter defendido a classe. “Mandou muito bem! Já estamos resolvendo isso! Obrigado por defender todo mundo sozinha!”, disse Porchat. Em nota enviada ao colunista, a Viacom reforçou seu posicionamento de valorização da comédia e ao talento de cada profissional da classe. A holding confirmou o desligamento do diretor Caio Corsalette.

A seguir, leia a íntegra do comunicado do Comedy Central sobre o assunto:

A ViacomCBS, em nome do Comedy Central, reforça seu posicionamento de valorização da comédia, bem como o enaltecimento ao talento genuíno de cada profissional dessa classe. Sempre manteve, como marca, um bom relacionamento com artistas e preza muito por essas parcerias. O executivo em questão não faz mais parte do quadro de funcionários da empresa.

Leia mais