Mari Saad revela que chegou a fazer panfletagem no metrô de São Paulo

Mari Saad desabafou e contou como foi o início de sua carreira (foto: Reprodução)
Mari Saad desabafou e contou como foi o início de sua carreira (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Mari Saad contou como iniciou sua carreira na internet. A influenciadora publicou seu primeiro vídeo no YouTube em 2011 e por pressão de encontrar uma profissão, recebeu um ultimato de seu pai para fazer a sua vida profissional dar certo. A empresária chegou a distribuir cartão sobre seu canal no metrô de São Paulo. “A gente sofre aquela pressão esquisita de colegial, né? Pensa eu vivendo em uma cidade de 47 mil habitantes e no interior tem uma coisa de terceirão, nessa fase”, começou.

“Todas as minhas amigas sabiam o que iriam cursar depois do terceiro ano e eu não. Em outubro e novembro foi quando eu fiz o meu primeiro vídeo em que eu maquiava as pessoas. O meu primeiro vídeo na internet, eu criei um cartão dessa maquiagem que eu fiz e mandei fazer em Jales, interior de São Paulo. Na minha cidade, tudo era cartão de visita. Eu me mudei para São Paulo, meu pai me questionou sobre o que eu queria fazer e eu nunca tinha feito curso de maquiagem. Eu maquiava as minhas amigas”, contou Mari Saad em entrevista para Tata Estaniecki e Boo Unzueta.

A empresária afirmou que tentou iniciar o curso de medicina para seguir a carreira de seus pais, mas não passou. “Em Jales, eu fiquei conhecida muito rápido por ser uma cidade muito pequena. Uma revista do interior ia fazer o site deles e me chamaram para dar dicas de maquiagem. Chegou o fim do ano, eu prestei medicina e não passei. Eu vim para São Paulo para fazer cursinho e eu não queria”, relatou a criadora de conteúdo.

“Eu queria trabalhar com beleza e meu pai me falou que eu tinha um ano para fazer isso dar dinheiro. Eu não imaginava ser famosa, eu queria fazer algo que eu gostasse. Eu sai por São Paulo inteira, em todos os metrôs, distribuindo os meus cartões”, concluiu.

Leia mais