Pedro Rezende e seu irmão se tornam embaixadores de projeto social

Pedro Rezende e João Rezende vão encabeçar projeto social (foto: Reprodução)
Pedro Rezende e João Rezende vão encabeçar projeto social (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Pedro Rezende e seu irmão, João Rezende, foram convidados a se tornarem embaixadores do projeto Benfazer que encabeça a humanização de crianças em estado grave ou internadas no hospital. Com o intuito de tornar o tratamento de inúmeras doenças mais humanizado, a participação dos influenciadores traz para as crianças um alívio em meio a dificuldade da rotina dos tratamentos.

“Eu recebi uma carta para ser embaixador de um projeto incrível! Um projeto maravilhoso! Eu e o João faremos parte do Benfazer. Eu já tive muitas experiências com inscritos e fãs que estão ou estavam em estado grave de algumas doenças e estão internados em hospitais… várias experiências. Sempre que eu visitei algum hospital ou visitei algum inscrito, eu sempre fiquei muito tocado com isso”, disse o youtuber.

O empresário contou que o clima nos hospitais é muito difícil e se torna mais difícil a recuperação dos pacientes. “Ver as crianças sendo extremamente guerreiras, lutando diariamente pela própria vida e isso sempre me tocou muito. Os hospitais são ambientes pesados e muito complicados para crianças. O projeto Benfazer tem como intuito humanizar o tratamento para crianças que estão em estado grave de qualquer doença”, prosseguiu Pedro Rezende.

“Nós temos a honra de sermos embaixadores desse trabalho. Nós estamos acostumados em sermos convidados pra ações pontuais e esse projeto tem como intuito tornar o trabalho contínuo esse conceito de humanizar o tratamento”, concluiu ele.

Carol Fonseca é uma das criadoras do Instituto Ébera que aposta no desenvolvimento cognitivo infantil e na humanização dos tratamentos de saúde para crianças e revelou que a linguagem da criança, mesmo em tratamento, é brincar. “Uma das ideias é trazer o mundo de fora do hospital para dentro. Vocês [Pedro e João Rezende] fazem parte da vida de inúmeras crianças que são saudáveis ou não. A linguagem dessas crianças é brincar e dessa forma, eles fogem daquela realidade dura do hospital”, contou.

“A primeira vez que eu pensei do Pedro Rezende ir até o hospital, foi quando eu vi uma criança jogando Minecraft. Eu precisava chamar a atenção dessa criança e levei a pessoa do Minecraft até ele. Existem estudos de que a criança precisa querer lutar pela vida dela para a imunização acontecer”, concluiu a vice-presidente do projeto Benfazer.

Leia mais