Na geladeira do SBT, Mara Maravilha tem salário cortado por Silvio Santos; emissora nega

Silvio Santos decidiu cortar o salário de Mara Maravilha pela metade (foto: Divulgação/SBT)
Silvio Santos decidiu cortar o salário de Mara Maravilha pela metade (foto: Divulgação/SBT)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Na geladeira do SBT desde que foi preterida na apresentação do Fofocalizando, Mara Maravilha se tornou alvo de uma medida de contenção de custos promovida pela emissora. A empresa está reavaliando os contratos firmados com diversos apresentadores e decidiu fazer uso de cláusulas previstas nos acordos. No caso da protegida de Silvio Santos, existe a premissa de que os seus rendimentos poderiam ser cortados pela metade caso ela ficasse sem um projeto fixo no canal, com a retomada do valor habitual acontecendo só diante da escalação para algum programa. A emissora nega.

Ela está na casa e o seu salário não foi reduzido. Estava no Pontinhos em Casa com a Patricia Abravanel e agora voltou a gravar o Jogo dos Pontinhos com o Silvio Santos. Ela é fixa neste quadro.

De acordo com o Observatório da TV, Mara Maravilha costumava ter rendimentos fixos na casa dos R$ 20 mil, além de faturar com ações de merchandising testemunhal enquanto estava no ar nas tardes da emissora. Durante a sua temporada na geladeira da rede, o valor foi reduzido pela metade, e a apresentadora passou a faturar R$ 10 mil por mês, além de não contar mais com os adicionais por propagandas feitas.

Porém, os dias de salário reduzido não vão durar muito para a comunicadora. Depois de 14 meses fora do ar, ela já foi convocada para voltar ao trabalho e fará parte, mais uma vez, do elenco fixo do Jogo dos Pontinhos, quadro do tradicional programa dominical de Silvio Santos. O dono da emissora retomou as gravações da atração na semana passada, com os programas inéditos previstos para entrarem no ar a partir do dia 1º de agosto.

Mara, por sinal, preferiu recusar uma proposta da Record para continuar trabalhando no SBT, mesmo durante o período em que não tinha nenhum projeto em vista. “Eu não saio do SBT. Só saio se eles me botarem pra fora. Eu não vou pedir pra sair porque da outra vez eu sai… fui eu quem pediu pra sair. E eu não sou uma pessoa que prioriza o dinheiro. O dinheiro é um ótimo empregado, mas e um péssimo patrão”, afirmou ela ao Brazilian Times.

Leia mais