Renata Ceribelli sobre The Masked Singer: “Não canto nem em banheiro”

Renata Ceribelli era o brigadeiro do The Masked Singer Brasil (foto: Reprodução/TV Globo)
Renata Ceribelli era o brigadeiro do The Masked Singer Brasil (foto: Reprodução/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Renata Ceribelli foi a segunda eliminada do The Masked Singer e surpreendeu a todos os telespectadores ao surgir no reality show musical, da Globo, vestida de brigadeiro. Em entrevista ao Bate-papo The Masked Singer Brasil, a jornalista revelou que foi pega de surpresa com o convite da emissora para participar da atração. “Foi a coisa mais divertida do mundo. Eu não canto nem em banheiro. Nada. Aí, quando me ligaram, falei: ‘eu não canto'”, afirmou.

A jornalista relembrou que a sua participação no programa aconteceu por ela ter feito uma matéria para o Fantástico em maio e que contava os detalhes do musical. “Eu tinha feito, por acaso, três meses antes o lançamento do programa no ‘Fantástico’ contando sobre o ‘The Masked Singer Brasil’. Eu entrevistei a Ivete [Sangalo] e ela brincou: ‘Ô, Renata, não precisa saber cantar não, hein. Deve ter jornalista’. Eu respondi pra ela: ‘Ivete, não canto nem no chuveiro, mas vou começar a treinar no banheiro'”, contou.

“A pessoa que me ligou falou: ‘desde aquela época a gente ficou com você no radar'”, relatou. Renata Ceribelli pontuou que não pensou duas vezes para aceitar o convite. “Eu fiquei morrendo de vontade de ir. Imagina você sair da sua rotina para entrar em um mundo lúdico. Tem aula de dança, aula de canto. Gente, isso é maravilhoso! A minha preparadora vocal me ensinou a usar a minha voz, a respiração, põe o ‘R’ aqui, tira o ‘O’ aqui. Colocar você em contato com a sua voz Acho que ficou super justo o resultado”, declarou.

Leia mais