Com despedida de Huck, Caldeirão tem melhor ibope em quase dois anos

Último Caldeirão do Huck bateu recorde de audiência na Globo (foto: Globo/Fábio Rocha)
Último Caldeirão do Huck bateu recorde de audiência na Globo (foto: Globo/Fábio Rocha)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Com a despedida de Luciano Huck, o Caldeirão bateu recorde de audiência na região metropolitana de São Paulo no último sábado (28). A derradeira edição da atração comandada pelo marido de Angélica na Globo marcou 15,7 pontos e anotou o melhor ibope em 2021. Com o resultado, o Caldeirão do Huck também garantiu o maior resultado desde 4 de janeiro de 2020, quando marcou 16,7 de média. Cada ponto representa 76.577 domicílios e 205.377 indivíduos.

De acordo com dados consolidados de audiência obtidos com exclusividade pelo TV Pop, o último Caldeirão do Huck teve 28% de share (participação em televisores ligados) e pico de 18,7 pontos entre 16h09 e 18h46. No confronto direto, a Record obteve 4,8 de média e ficou na vice-liderança. O SBT registrou 4,6 pontos no mesmo horário. A Band marcou 4,1 pontos, Cultura 1,3 de média e RedeTV!, 0,1 ponto.

A partir da próxima semana (4), Marcos Mion assume o comando do Caldeirão até dezembro. Já Huck passará a apresentar o Domingão no dia seguinte, ocupando a faixa que durante 32 anos pertenceu a Fausto Silva, que estreia na Band em janeiro de 2022. Além do Show dos Famosos, a primeira edição do Domingão com Huck terá o quadro de perguntas e respostas Quem quer ser um milionário? e matérias especiais que contam histórias de vida dos brasileiros.

Luciano Huck fala sobre saída do Caldeirão

Luciano Huck fez uma live em suas redes sociais com Marcos Mion para falar sobre a transição do comando do Caldeirão a partir da próxima semana. Os dois apresentadores começaram a conversa falando sobre o último programa apresentado por Huck, que afirmou ter se emocionado e estado muito nervoso por sua despedida. “Hoje eu estou meio nu, meio despido. Eu não sou uma pessoa ansiosa, mas dormi mal, tive uma dor de barriga, uma angústia no peito”, começou o marido de Angélica.

“Por mais que seja um ciclo lindo começando, é o final de um ciclo, também é meu aniversário essa semana, um monte de emoções misturadas. E somos um time, fizemos 1089 programas juntos e é entender que semana que vem não tem mais. As melhores coisas da minha vida aconteceram nesses 21 anos. Acho que a vida vem em ciclos e você tem que saber encerrar para abrir novos. Os próximos 20 anos não vão ser iguais aos últimos 20, mas hoje que caiu a ficha”, declarou.

O sucessor de Faustão elogiou Marcos Mion e a escolha para que ele assuma seu lugar nas tardes de sábado na Globo, comparando o novo apresentador ao Chacrinha. “Estou muito feliz por você, é um cara muito espontâneo, verdadeiro e foi amadurecendo com a vida. Eu sei e você já deixou claro o quanto gostaria de estar onde está. E isso é incrível porque hoje as pessoas tem vergonha de celebrar as coisas boas. Fiquei muito feliz por você, acho mais do que merecido. O sábado é um dia de diversão. Talvez eu tenha ido para um lado que era mais de emoção, mas você resgata o que foi o Chacrinha antes da gente que era pela diversão”, afirmou Luciano Huck.

Leia mais