Craque Neto desabafa ao vivo na Band e elogia reportagem do Fantástico

Neto se emocionou ao analisar uma reportagem do Fantástico (foto: Reprodução/Band)
Neto se emocionou ao analisar uma reportagem do Fantástico (foto: Reprodução/Band)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Neto usou o seu espaço em Os Donos da Bola, da Band, para parabenizar a reportagem exibida pelo Fantástico sobre os haters. O apresentador revelou que muitos internautas usam as redes sociais para atacar pessoas e que é alvo frequente de ódio na internet. Os filhos do contratado da Band e a mulher dele também são vítimas de xingamentos e ofensas. “Parabéns para a matéria que foi feita ontem no Fantástico, da Globo, pela Renata [Capucci], entrevistando o que fazem com a gente o mesmo que fizeram com a Xuxa”, disse.

O ex-atleta contou que recebe mensagens que desejam que o filho dele morra de câncer, por exemplo. “Eles falam que meu filho tem que morrer de câncer, que minha mulher é prostituta e que eu sou vagabundo. Tem isso aí”, contou. No intervalo de seu programa, Neto continuou conversando com os integrantes e contou mais detalhes sobre as mensagens de ódio que recebe. “Luz para as pessoas que me odeiam. Luz para as pessoas que querem que eu morra. Luz para vocês”, disparou.

Recentemente, Neto criticou Luciano Huck e afirmou que o novo apresentador do Domingão é ingrato por não relembrar dos tempos em que trabalhou na emissora do Morumbi. O craque também atrelou a ascensão do sucessor do Faustão a Suzana Alves e Joana Prado, que interpretavam Tiazinha e Feiticeira no programa H, dizendo que ele não faria o mesmo sucesso sem elas. “Oh, Luciano Huck, deixa eu falar uma coisa para você: ‘você não tem que agradecer a Band?'”, questionou o apresentador.

“A Band foi tão importante para você, você não tem ideia… no programa H. Aí, você disse da Joana Prado e da Suzana Alves. Você tinha que ter, no mínimo, a gratidão de falar o nome das duas. Se não fossem as duas, você não faria o sucesso que você fez aqui na Band. Entendeu? Eu não quero falar o nome [das personagens] delas. Quero falar o nome delas como pessoas”, declarou.

Leia mais