Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.
DEPOIS DE SUPOSTA AGRESSÃO

De volta aos palcos, Victor e Leo são detonados por show de R$ 750 mil na Bahia

Foto de Victor e Leo
Victor e Leo receberam críticas por show na Bahia (Foto: Reprodução/Instagram)

A nova turnê de Victor e Leo tem gerado muita revolta entre moradores de cidades que receberão os artistas. Os irmãos, que retornaram aos palcos como uma dupla em 2023, se tornaram alvos de protestos de moradores de Candeias, que fica a 46 quilômetros de Salvador (BA).

De acordo com o portal F5, da Folha de S.Paulo, moradores da região reclamaram da escalação da dupla para um show. Segundo dados do Painel de Transparência dos Festejos Juninos nos Municípios do Estado da Bahia, desenvolvido pelo MP-BA (Ministério Público da Bahia), a dupla receberá R$ 750 mil por uma apresentação na cidade que deve acontecer no dia 23 de junho.

+ Carlos Alberto de Nóbrega entrega que Eliana deixou SBT depois de “pisada no pé”
+ Depois da morte de cão de Cauã Reymond, polícia investiga 40 casos de envenenamento

O cachê de Victor e Leo é o terceiro maior durante o período de festas no estado, ficando atrás apenas de Wesley Safadão, que receberá R$ 900 mil por cada um dos sete shows que fará em junho na Bahia, e de Gusttavo Lima, que receberá R$ 1,1 milhão pelo show que fará na cidade de Luís Eduardo Magalhães.

O anúncio oficial nas páginas da prefeitura sobre o show de Victor e Leo tem sido alvo de ataques. Moradores da região não concordam com a escalação devido ao processo que Victor Chaves responde na Justiça por uma suposta agressão contra a ex-mulher, Poliana Bagatini, que teria acontecido em 2017 quando ela estava grávida.

Na época que o caso veio à tona, Victor foi afastado do The Voice Kids, da TV Globo, e Leo anunciou o fim da dupla com o irmão. Ambos seguiram carreiras solo, e o artista foi condenado em primeira instância a cumprir 18 dias de prisão em regime aberto e a pagar uma indenização de R$ 20 mil por danos morais, mas recorreu da decisão e até agora o recurso não foi julgado.

À Folha de S.Paulo, em 2020, o cantor afirmou que não agrediu a mulher, apenas tentou conter um ataque emocional que ela teve depois de uma briga com a mãe e a irmã do sertanejo. O vídeo que supostamente mostra o artista chutando a mulher no chão teria sido tirado de contexto, segundo as alegações do irmão de Leo.

Vale ressaltar que um show de Victor e Leo já foi cancelado em Fortaleza, no Ceará, em maio. Na época, a prefeitura da cidade afirmou que a escalação foi um “erro de comunicação”.

Leia mais