Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.
SÍNTESE

Bombou na semana: Parintins fora da Globo, Domingo Legal com clássicos e Sheherazade nos domingos da Record

Montagem com Isabelle Nogueira, da Globo, Celso Portiolli e Rachel Sheherazade
Relembre quais foram as principais notícias da semana (foto: Montagem/SBT/Record)

Os planos da Globo de transmitir o Festival de Parintins de 2024 foram por água abaixo, mesmo depois do anúncio oficial feito em pleno Jornal Nacional e muita expectativa. O canal decidiu cancelar a transmissão após não conseguir um acordo com a TV A Crítica, que tem contrato para poder exibir o evento até 2025. Com isso, a emissora ficou impedida de exibir a maior festa da região Norte. O governo do Amazonas já tinha um entendimento com a TV Globo, mas as negociações com a rival não foram adiante.

O cancelamento exibição da festa acabou decepcionando os cidadãos do município que dá nome à festa, já que o evento movimentaria milhões de reais com seu alcance nacional. De acordo com o portal Mário Adolfo, o Festival de Parintins receberia mais de 200 mil pessoas em julho, quando a festa acontece. Somente com a equipe da Globo, era esperado um investimento de pelo menos R$ 1 milhão, o que não acontecerá mais.

A emissora, no entanto, já está pensando no próximo evento que irá transmitir para todo o pais: o Rock in Rio. A Globo voltará a exibir o evento, ao vivo, em rede aberta depois de 7 anos de hiato. A líder de audiência exibirá as apresentações dos headliners para poder vender cotas de publicidade às marcas. O evento acontecerá no Rio de Janeiro entre os dias 13 e 22 de setembro. De acordo com o portal F5, com a exibição de shows como o de Travis Scott, Katy Perry e Shawn Mendes, a empresa negocia nove espaços publicitários, e espera cerca de arrecadar R$ 347 milhões.

Mas mudando um pouco de foco e falando agora sobre os folhetins da Globo, a emissora está negociando com Maisa Silva, que nos últimos anos tem se dedicado quase que exclusivamente a série De Volta aos 15, da Netflix, para a artista atuar em Garota do Momento, próxima novela das seis. Quem também estará em uma trama da emissora é Rodrigo Fagundes, que entrou para o elenco de Volta por Cima, nova novela das sete.

A Globo também está se movimentando para a estreia da sua próxima novela das nove e escalou o ator Eriberto Leão para atuar em Mania de Você, substituta de Renascer. O artista está sem contrato fixo com o canal desde 2022, mas chegou a fazer uma participação em Terra e Paixão (2023). Quem também entrou para o elenco da trama foi Alinne Moraes, que fará uma participação especial no primeiro capitulo da história.

Depois de cantar a abertura de Terra e Paixão, na Globo, Ana Castela fará parte da abertura da nova novela infantil do SBT. A artista interpretará uma composição feita por Thomas Roth, diretor musical de teledramaturgia do canal. A estreia da novela A Caverna Encantada está marcada para o final de julho e será exibida de segunda a sexta-feira, às 20h45. A trama contará com Miguel Coelho, Isabela Souza e Mel Summers nos papéis principais.

Ainda falando sobre o SBT, a apresentadora Eliana gravou sua despedida da emissora de Silvio Santos na última quarta-feira (12). De acordo com o colunista Flávio Ricco, a atração contará com um especial de despedida, que será marcado por algumas participações especiais. Entre os confirmados, está o cantor Daniel, que dividirá o palco com a artista na derradeira edição do dominical. Por conta da saída da loira, o Domingo Legal terá mais tempo e reviverá um dos quadros mais icônicos do programa, quando ainda era apresentado por Gugu Liberato (1959-2019).

A emissora exibirá o Devo Não Nego, Pago Se Puder sob comando de Celso Portiolli, que ganhará mais três horas no ar na rede de Silvio Santos. Trabalhando no lançamento da sua plataforma de streaming, o canal contratou Aparecida Liberato, irmã de Gugu, que terá a oportunidade de retomar a carreira como apresentadora através do Grupo Silvio Santos. A numeróloga terá uma atração na +SBT, que deve estrear muito em breve.

Querendo se aproveitar da saída de Eliana, a Record escalou Rachel Sheherazade para apresentar um programa novo em folha em sua grade de programação. A emissora iniciou a produção de um formato dominical com o comando da jornalista para bater de frente com o Domingo Legal, do SBT, que passará a ir ao ar mais cedo no fim do mês. De acordo com o Notícias da TV, a artista deve estrear no novo programa em julho, com o intuito de ganhar o público deixado pela saída de Eliana da concorrente.

Streaming

Paolla Oliveira fechou com a Netflix para atuar em Mar Branco, em seu primeiro trabalho fora da TV Globo. Buscando fortalecer o seu streaming, a Globo iniciou a produção de um documentário sobre o caso de estupro que levou o ex-jogador Robinho à prisão. A emissora, que lançará o conteúdo em sua plataforma, ainda não divulgou uma data para sua estreia. Antes mesmo da estreia da segunda temporada, a HBO anunciou a renovação de A Casa do Dragão (House of the Dragon), spin-off de Game of Thrones, para um terceiro ciclo de episódios.

Rapidinhas da Semana

Globo escala novela turca Mãe, que bateu recordes no Globoplay, para alavancar o GNT. O canal também promovu dança das cadeiras e criou novos cargos de diversidade. Aos 94 anos, Tony Tornado ganha homenagem especial da Globo na série Tributo. Inacreditável: a Band denunciou um jornalista por usar marca da emissora mesmo sem ser funcionário. E, por fim, em busca de pluralidade, GloboNews contratou Joel Pinheiro da Fonseca, ex-comentarista da Jovem Pan e da CNN.

Leia mais