Pesquisar
Pesquisar
Close this search box.
CARLO PORTO

Galã de A Rainha da Pérsia exalta tecnologia da Record: “Produto requintado”

Foto de Carlo Porto
Carlo Porto falou sobre papel em A Rainha da Pérsia (foto: Reprodução/Record)

Carlo Porto interpreta Xerxes em A Rainha da Pérsia e a preparação do artista contou com a colaboração das atrizes Camila Rodrigues, que interpreta Améstris, e Nathalia Florentino, que dá vida a Ester. O ator destacou a importância do estudo aprofundado do texto e a contribuição fundamental da preparadora de elenco Nara Marques.

Carlo revelou que o personagem possui um bom coração e um desejo profundo de escapar de suas obrigações reais. “Xerxes tem um bom coração e vai mostrar isso logo no começo [da trama], em uma conversa com a figura paterna dele, o Harbona (Giuseppe Oristânio). Ele sente vontade de fugir e viver uma vida comum, está estafado de ser rei, até que conhece a Ester, que vai iluminar esse caminho para ele”, revelou Carlo Porto.

A relação inicial de Xerxes com Améstris é marcada por conflitos e tensões, mas há uma transformação significativa quando ele conhece Ester, que traz uma nova perspectiva e equilíbrio para sua vida. “No começo, ele está ‘pesado’, tem uma relação com Améstris, onde é louco por ela, enquanto a rainha o oprime e o maltrata muito”, sinalizou em conversa com a Record.

“Ele entra em um momento bonito, mais lúcido. Uma das coisas que mais me interessaram nesse personagem, logo que li, foi esse movimento dele se questionar e tentar se entender”, disse. As gravações no Marrocos foram essenciais para a imersão dos atores em seus papéis. Carlo Porto destacou a importância desse ambiente para o seu desempenho como Xerxes. “Realmente, nos trouxe uma atmosfera diferenciada captando aquelas imagens, tem lugares belíssimos. As pessoas vão se deliciar com tudo o que foi feito lá. Foi muito legal e positivo para a gente”, pontuou.

O artista de A Rainha da Pérsia fez questão de elogiar as tecnologias utilizadas na série, que prometem elevar a qualidade da produção e oferecer uma experiência visual única ao público. “Existem recursos novos, tecnologia e atores muito talentosos. Vamos levar ao público um produto muito requintado. A história é muito objetiva, contada de forma dinâmica”, concluiu.

Leia mais