TV A CRÍTICA

Apagão em parceira da RedeTV! tira Alerta Nacional do ar e revolta Sikêra Jr.

Falha elétrica deixou Sikêra Jr. às escuras durante o Alerta Nacional (foto: Reprodução/TV A Crítica)
Falha elétrica deixou Sikêra Jr. às escuras durante o Alerta Nacional (foto: Reprodução/TV A Crítica)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Uma falha elétrica no estúdio da TV A Crítica, em Manaus, tirou o Alerta Nacional do ar por cerca de quatro minutos durante a edição desta terça-feira (21) do jornalístico. O problema técnico aconteceu enquanto Sikêra Jr. introduzia o próximo assunto do telejornal, por volta das 18h46. Enquanto ele chamava a reportagem, a iluminação do cenário foi bruscamente desligada, deixando o apresentador às escuras. Segundos depois, o telão também deixou de funcionar e a imagem da emissora foi substituída por uma tela preta sem áudio, posteriormente substituída pela exibição de um loop com o logo da atração. Ao voltar ao ar, o âncora disse que a falha foi causada pelo olho gordo de seus rivais.

Durante os primeiros minutos do problema técnico, a emissora amazonense tentou reestabelecer o sinal do estúdio e deixou o microfone de Sikêra Jr. aberto enquanto a equipe de manutenção tentava solucionar o ocorrido. Revoltado, o apresentador questionava o que havia acontecido e, com gestos dizendo não saber o que estava acontecendo, disse que a atração ainda não estava no ar, assustado com uma pessoa diferente na direção do jornalístico. “Espera aí, você tá dirigindo o programa? Não tá no ar não”, afirmou ele, antes da TV A Crítica voltar com o slide de emergência.

Para os telespectadores que acompanhavam o programa pela RedeTV! e por suas afiliadas, a falha técnica não teve o vazamento das imagens e do áudio do estúdio antes da resolução completa do problema. Segundos depois do apagão, a emissora se apressou em assumir o controle da transmissão e cortou o jornalístico para a exibição de uma chamada do João Kléber Show, seguida por um boletim do RedeTV! News, com três minutos de duração. A rede só voltou com a retransmissão de sua parceira às 18h50, quando o empecilho já havia sido solucionado.

“Voltou? Meu Brasil varonil, o olho de peteca está solto. Orai e vigiai, e não é brincadeira não. Percebam: nós reconquistamos os nossos clientes, graças a Deus, eles voltaram com força, a gente vem trabalhando muito para defender a sua família, os seus filhos e os seus netos. E é lógico que a carga do mal quer nos destruir, ela quer nos derrubar, ela não quer ver ninguém defendendo isso. Por isso que eles atacam igrejas, atacam pessoas do bem. Porque? Eles não querem o bem de ninguém. Isso é olho de peteca”, desabafou o apresentador.

O “olho de peteca” citado pelo âncora do Alerta Nacional é uma expressão popular em Maceió, cidade responsável por alçar Sikêra Jr. ao estrelato há alguns anos. A gíria tem o mesmo significado de olho gordo, ou seja, é o olhar invejoso que pode causar malefícios ou que é feito com o intuito de prejudicar outra pessoa. De acordo com dados obtidos pela reportagem do TV Pop, a atração da RedeTV! perdeu 26% de sua audiência durante a falha técnica na Grande São Paulo — ou seja, três em cada 10 telespectadores deixaram de assistir ao jornalístico em quatro minutos.

Leia mais