EX-A FAZENDA

Fernanda Medrado revela depressão e diz que está buscando tratamento

Fernanda Medrado em entrevista ao Superpop
Fernanda Medrado concedeu entrevista ao programa Superpop (foto: Reprodução/RedeTV!)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Fernanda Medrado se emocionou ao falar sobre o quadro de depressão que a atingiu durante a crise sanitária e que até o momento ainda precisa de tratamento. “Não queria sair de casa, não queria fazer mais músicas e não queria mais gravar clipes. Eu estava muito mal mesmo, só chorava. Me dava crise de choro toda hora e é o que tem acontecido atualmente”, contou a compositora. “Não conseguia ver o tamanho do problema, mas agora eu consigo ver”, declarou para Luciana Gimenez, do SuperPop, da RedeTV!.

Apesar do tratamento contra a doença, a artista revelou que não tem precisado de medicação por enquanto. A rapper afirmou que passou por altos e baixos. “Eu acho que eu estou em um momento de oscilações. Tem hora que me dá crise de choro, tem hora que eu acordo super para cima, tem hora que eu estou muito mal. Às vezes eu acordo não querendo acordar, essa é a pior coisa que tem, é muito ruim. Eu participei de dois realities, tenho dois filhos lindos e sou uma mulher bonita, mas me sinto vazia. Só queria me sentir feliz e hoje não sou”, relatou. “Eu me cobro muito, eu só quero dar o melhor para os meus filhos. É só o que eu quero. Eu quero que eles tenham orgulho de mim. É muito duro as pessoas apontarem os dedos”, pontuou.

Sobre a desistência de A Fazenda 13, Fernanda Medrado afirmou que já entrou no programa da Record bem fragilizada. “Eu já entrei com o psicológico bastante abalado e várias coisas lá dentro me fizeram tomar essa decisão. Sempre eram várias rodas, e pessoas falando: ‘Você vai sair cancelada’, ‘as pessoas não estão gostando de você’, ‘seus posicionamentos aqui dentro estão errados’. Foram mais ou menos três dias dessa mesma história na minha cabeça. Toda hora as mesmas falas e as mesmas coisas”, disse.

Leia mais