GATA ESPELHADA

Jéssica Ellen relembra como foi sua experiência no The Masked Singer

Foto da atriz Jéssica Ellen
Jéssica Ellen foi a Gata Espelhada do The Masked Singer Brasil (foto: Reprodução/TV Globo)

Jéssica Ellen falou sobre a trajetória no The Masked Singer Brasil como Gata Espelhada. Um dos maiores mistérios do programa até o final, a artista revelou que não sentiu dificuldades em guardar segredo, mas achou complicado ter que mentir para os familiares que a reconheceram no primeiro dia.

“A minha família, os meus amigos de escola, pessoas que me conhecem há mais tempo, reconheceram minha voz no primeiro programa. O mais difícil foi ter que ficar mentindo para essas pessoas, falando: ‘não, não sou eu’. Imagina, adoraria participar”, relembrou a artista em entrevista para a Quem.

A atriz contou que aceitou o projeto para que pudesse se superar. “Na verdade, eu quis me provocar e cantar coisas que não estou acostumada. Eu ouço música pop, amo Beyoncé, mas não tenho o costume de cantar essas músicas porque canto MPB. Então quis também escolher músicas em inglês até para despistar as pessoas, já que a brincadeira do programa era, de fato, dificultar a revelação, surpreender as pessoas. A escolha do repertório foi pensando nisso, em como eu consigo disfarçar mais o meu traje e dificultar para as pessoas me descobrirem. A estratégia foi essa”, afirmou.

Um dos principais planos da cantora era se mostrar versátil. “Já fiz filmes, séries, peças experimentais e contemporâneas, espetáculos de dança… Por isso acho o The Masked Singer muito legal… É um programa que mostra para o público que um artista pode ser muitas coisas e não só apenas uma coisa ou outra. Meu desejo é continuar sendo uma artista múltipla, que está sempre se desafiando e propondo coisas novas para o público”, declarou Jéssica Ellen.

Leia mais