FLOPOU

Globo adia estreia de Filhas de Eva por falta de anunciantes interessados

Cena da série Filhas de Eva
Filhas de Eva só estreará na televisão aberta em agosto (foto: Reprodução/TV Globo)

Os fãs de Filhas de Eva terão que esperar mais para assistir a produção do Globoplay na televisão aberta. A TV Globo mudou o seu planejamento e adiou a estreia da série, inicialmente prevista para o dia 19 de janeiro, apenas para o segundo semestre de 2022. Se o cronograma não for novamente modificado, o seriado entrará no ar na noite de 9 de agosto e será exibido semanalmente, nas noites de terça-feira, durante 12 semanas — com a exceção da noite de 27 de setembro, em que haverá a transmissão de um jogo de futebol.

A reportagem do TV Pop apurou que o adiamento foi provocado por conta da falta de anunciantes interessados em adquirir espaços nos intervalos comerciais da produção. Para as marcas, não havia sentido queimar parte do orçamento reduzido dos primeiros meses do ano em uma série que não teve boa repercussão nem mesmo em sua janela original de transmissão, passando quase que em branco para a grande maioria dos assinantes do Globoplay.

Em uma tentativa para chamar a atenção do mercado publicitário para a segunda tentativa de exibir Filhas de Eva na televisão aberta, a Globo decidiu mudar a forma de abordagem da série em seu plano comercial. Agora, a trama é vendida como um produto com grande foco no protagonismo feminino. “A presença do protagonismo de personagens femininos é uma pauta cada vez mais presente e necessária no audiovisual. 61% do público feminino disse ter sido influenciado por modelos de comportamento no cinema e na TV”, afirma o canal, usando um estudo feito pelo UOL.

Além disso, o seriado também foi “promovido” na programação da líder de audiências. No planejamento original, a trana seria utilizada em uma dobradinha com as edições de quarta-feira do Big Brother Brasil. Agora, ela foi deslocada para um dos horários mais importantes da grade da emissora, e será transmitida imediatamente após o término da novela das 21h. “É uma oportunidade perfeita para o anunciante se associar à uma trama pautada em discussões e temas relevantes da sociedade atual”, justificou a rede.

Leia mais