NÃO ACEITOU

Luísa Sonza revela convite para participar do BBB: “Já sou bem exposta”

Luísa Sonza revelou convite para participar do BBB e contou que não aceitaria
Luísa Sonza revelou convite para participar do BBB e contou que não aceitaria (foto: Reprodução/Internet)

Em época de Big Brother Brasil, a gente descobre inúmeras pessoas que já receberam convite da casa mais vigiada do país e que não aceitou participar. Luísa Sonza revelou em entrevista que já foi convidada por Boninho, mas recusou a oportunidade de ser uma das participantes do reality.

“Não tem condição psicológica, sem saber o que está acontecendo lá fora”, começou Luísa, que não lembrou se o convite foi feito para a edição de 2020 ou 2021. “Não tem como, eu não ia aguentar. Eu acho que é muita coragem, muito psicológico, mano!”, relatou a cantora em entrevista ao PodPah.

A artista declarou que iria amar participar das provas, mas que não ganharia as de resistência. “Você tá lá confinado sem controle nenhum, sem noção de nada, sem condições! Mas eu ia amar participar das competições [provas]. Só de resistência, não ia ganhar. É que eu já sou bem exposta, né? Eu acho que é só muito desesperador. Eu não ia conseguir ficar três meses trancada em uma casa. Eu ia chorar, mas eu assisto”, afirmou Luísa Sonza.

Recentemente, Luísa Sonza revelou que fica preocupada com o que estão falando ou pensando dela quando participa de transmissões ao vivo. Em entrevista ao PodDelas, de Tatá Estaniecki e Boo Unzueta, a cantora afirmou que tem feito acompanhamento psicológico e uso de remédios. “Qualquer coisa que eu faça ao vivo eu fico pensando: ‘As pessoas estão me xingando muito. A galera vai acabar comigo’. Eu faço acompanhamento psicológico. Precisa, né? Mas não tem como não ligar. Entendo que cada um entrega o que pode na vida. Se as pessoas estão me entregando isso, significa que elas também não estão bem. Aprendi a ter empatia com o outro que está me atacando”, contou.

A compositora relatou que já processou pessoas por conta de ataques nas redes sociais. “Tem um monte. Processei muita gente, tem bastante. Tem processo de ameaças de morte. Quando a ameaça é real tem que fazer boletim de ocorrência. Já recebi foto de arma e a minha família também. Eu tenho que cuidar”, concluiu.

Leia mais