Ex-apresentadora do Sem Censura morre aos 82 anos

A jornalista Lúcia Leme apresentou o Sem Censura na TVE Brasil (foto: Reprodução)
A jornalista Lúcia Leme apresentou o Sem Censura na TVE Brasil (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A jornalista Lúcia Leme morreu nesta segunda-feira (8), no Rio de Janeiro, aos 82 anos. De acordo com informações do jornal Extra, ela lutava contra um câncer no pulmão. Durante sua carreira na TV, Lúcia ficou conhecida especialmente como apresentadora do Sem Censura, da TVE Brasil – atual TV Brasil , que comandou entre 1986 e 1996.

A carreira de Lúcia Leme começou no jornalismo como estagiária da TV Tupi, no final dos anos 1970. Depois, foi convidada pelo jornalista e ex-senador Artur da Távola para ajudá-lo a escrever sua coluna em O Globo que falava sobre televisão. Assim, Lúcia ingressou no jornalismo impresso.

Depois, migrou para a Editora Bloch, onde atuou em diversas revistas do grupo, como Manchete, Fatos e Fotos, Amiga, Ele&Ela. Simultaneamente, trabalhou na Rádio Manchete e, depois, foi para a TV Manchete.

A jornalista estreou no Sem Censura um ano depois da estreia da atração na grade da então TVE Brasil. Ao receber Xuxa, em 1988, o programa atingiu 9 pontos no Ibope, marca expressiva para a emissora na época. Ela também apresentou o Front Page, Intervalo e Espaço Público.

Na rede social, os filhos lamentaram a morte. “Devastados de tristeza, lamentamos informar que nossa mãe, Lúcia Leme, uma mulher extraordinária, profissional exemplar, mãe maravilhosa e avó muito amada, faleceu hoje vítima de câncer de pulmão. Partiu no Dia Internacional da Mulher”, diz a mensagem.

Nos últimos anos, a apresentadora atuava produzindo conteúdo para internet e a web rádio do portal de educação MultiRio, ligado à prefeitura do Rio. O enterro será realizado hoje, às 16h30, no Cemitério São João Batista, em Botafogo, Zona Sul do Rio.

Leia mais