DANÇA DAS CADEIRAS

Após saída de Carla Vilhena, CNN Brasil faz novas mudanças nos programas

Imagem com montagem das fotos de Gloria Vanique e Luciana Vidica
As jornalistas Gloria Vanique e Luciana Vidica; CNN Brasil anunciou novas mudanças nos programas (foto: Divulgação/CNN Brasil)

A CNN Brasil fez mais uma mudança no comando dos programas após a saída de Carla Vilhena, que pediu demissão do canal de notícias na semana passada. De acordo com comunicado divulgado pela empresa nesta segunda-feira (21), Gloria Vanique será efetivada como apresentadora do semanal CNN Nosso Mundo, que era apresentado por Luciana Barreto —substituta da ex-Globo no jornal Visão CNN.

“Já na edição deste sábado (26/03), às 12h, será feita a transição entre o quarteto atual de entrevistadoras e duas novas integrantes do time. Gloria Vanique será a nova apresentadora, em substituição à Luciana Barreto, que deixa o programa para assumir a apresentação do jornal Visão CNN, a partir de 4 de abril, ao lado de Sidney Rezende”, explicou a assessoria da emissora sobre as mudanças no Nosso Mundo.

“Também chega para integrar o quarteto, a jornalista Letícia Vidica, gerente de conteúdo da área de planejamento da CNN Brasil e idealizadora e apresentadora do CNN no Plural, que trata de diversidade e inclusão. A nova aposta do canal para o vídeo é a autora do livro ‘Mulheres Solteiras não são de Marte’”, continuou.

De acordo com a CNN, Letícia substitui Thais Herédia, que passará a comandar o novo programa CNN Money, às 6h15, também em 4 de abril, e continuará na CNN Rádio e no podcast Abertura de Mercado. As apresentadoras Rita Wu e Lia Bock permanecem no time do CNN Nosso Mundo.

Novos diretores de jornalismo da CNN Brasil em SP

A CNN Brasil também comunicou que Valentina Menezes e João Beltrão assumiram o departamento de jornalismo da emissora em São Paulo. Com a nova configuração, fica extinto o cargo de diretor-geral, então ocupado por André Ramos, que deixou a emissora.

Além de Menezes e Beltrão, a estrutura de direção do departamento é composta por Roberto Munhoz, em Brasília, Maria Mazzei, no Rio de Janeiro, e Márcio Pinheiro, que ocupa a direção de jornalismo digital. Os cinco diretores se reportam diretamente ao vice-presidente de Jornalismo, Leandro Cipoloni, ex-Record.

“André Ramos estava na empresa desde 2019 e a não renovação de contrato ocorreu em comum acordo. Ele segue para projetos pessoais. A CNN deseja todo sucesso ao jornalista e agradece pela importante contribuição para a construção e consolidação da emissora no país”, disse a concorrente da GloboNews em nota oficial.

Leia mais