NA INTERNET

Sonia Abrão desabafa sobre comentários negativos: “Energia pesada”

Imagem com foto da apresentadora Sonia Abrão durante entrevista ao podcast O Pod é Nosso
Sonia Abrão desabafou sobre comentários negativos que recebe nas redes sociais (foto: Reprodução)

Apresentadora do A Tarde é Sua nas tardes da RedeTV!, Sonia Abrão desabafou em entrevista sobre comentários negativos sobre seu trabalho nas redes sociais. Em entrevista ao podcast O Pod é Nosso, de Carlos Alberto de Nóbrega e Renata Domingues, a comunicadora de 59 anos fez um balanço da sua carreira e confessou que ainda se incomoda com algumas críticas das quais é alvo.

Sonia revelou ainda que recebeu um conselho de Patrícia Abravanel, com quem conversou quando foi gravar o Jogo das Três Pistas, do Programa Silvio Santos. A veterana contou que a filha do dono do SBT a aconselhou a parar de ler as críticas sobre o seu trabalho. “Estou ficando muito cansada. É muito desgastante. O que vem para gente de energia negativa não dá nem para explicar”, afirmou.

“A Patrícia [Abravanel] falou para eu parar de ler os comentários. Ela tem toda razão. É uma energia muito pesada”, desabafou. Recentemente, Sonia esteve envolvida em uma briga com a influenciadora digital GKay. Após ter o programa chamado de merda pela humorista, a contratada da RedeTV! classificou a atitude de Gessica Kayane como algo de “baixo nível”.

“O que você fez com Bruno Tálamo [repórter do A Tarde É Sua] não está certo. Não vou entrar nessa baixa vibração, nesse baixo nível e nesse palavreado de quinta que você usou em relação ao nosso programa com alguém que não tinha nada a ver com isso. Falo direto para quem está falando da gente, não mando recado”, disse Sonia.

“Se você achou a minha atitude negativa, baixa, a sua foi de quinta, imperdoável. Quando um artista tem o mínimo de educação, senso crítico, e recebe um pedido de entrevista, não gosta da apresentadora ou do programa, é tão simples falar: ‘Olha, não falo para esse programa’, do que ser grosseiro, vulgar”, comentou ela em uma réplica de oito minutos.

“Posso ter dito coisas que não te agradaram, mas em momento algum me referi a você ou ao seu trabalho com palavrões, desrespeitei alguém da sua equipe. O que disse aqui, que te chamei de ridícula, pode não ter sido legal, mas não disse como apresentadora, comunicadora, disse como uma mulher brasileira, uma cidadã”, disse a jurada do Troféu Imprensa na ocasião.

Leia mais