João Luiz emociona público do BBB ao rebater fala racista de Rodolffo

João Luiz emocionou colegas e o público do BBB ao rebater fala racista de Rodolffo (foto: Montagem/TV Globo)
João Luiz emocionou colegas e o público do BBB ao rebater fala racista de Rodolffo (foto: Montagem/TV Globo)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

No BBB 21, João Luiz contou para todos os colegas de confinamento a comparação que Rodolffo fez entre seu cabelo e a peruca da fantasia do castigo do monstro. Emocionado, o professor disse que teve que tomar coragem para poder contar o que houve no jogo da discórdia desta segunda-feira (5).

“Muita gente aqui pode não saber, mas no sábado aconteceu uma situação no quarto cordel que estava eu, Caio, Rodolffo e Juliette, e eu tô dizendo isso aqui agora porque pra mim, é um momento de muita coragem, de poder estar falando isso aqui agora. Rodolffo chegou a fazer uma piada comparando a peruca do monstro da pré-história com o meu cabelo. Então, isso pra mim, tocou num ponto muito específico. O jogo pode ser sim coisas que a gente vive aqui dentro, mas tem que ser um jogo de respeito”, desabafou João Luiz.

O sertanejo se mostrou surpreso. “Se todo mundo observou como era a peruca do monstro… acredito eu que era um pouco semelhante”, afirmou Rodolffo.

João que já estava abalado, caiu no choro e foi consolado por alguns participantes, mas continuou seu posicionamento. “Não era, não. Porque não é mais fácil você assumir que errou? Não sou a Pedrita para ter um osso no meu cabelo. Não adianta você vir com discurso de que não foi sua intenção, de que você não teve a intenção, que eu tô cansado de ouvir isso e não é só aqui dentro, é lá fora também”, explicou.

“Nunca ninguém tem a intenção de machucar, nunca ninguém tem a intenção de fazer as coisas com a gente. Por que, que não é mais fácil pra você reconhecer que errou, cara? E você fala pra mim que você quer ser melhor e você acabou de reafirmar, você tá reafirmando a mesma coisa que você falou”, concluiu o professor.

Leia mais