Datena desabafa e diz que foi barrado por seguranças dentro da Band

Datena fica revoltado por ser barrado por seguranças de Moro (foto: Reprodução/Band)
Datena fica revoltado por ser barrado por seguranças de Moro (foto: Reprodução/Band)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

José Luiz Datena reclamou que foi barrado pelos seguranças do ex-juiz e ex-ministro do governo Bolsonaro, Sérgio Moro, nos corredores da Band antes de começar a edição desta segunda-feira (26) do Brasil Urgente. Em conversa com Cátia Fonseca, no Melhor da Tarde, Datena explicou que ficou incomodado com a quantidade de seguranças obstruindo um dos corredores do canal.

“Já quebrei o pau no corredor aqui. Tinha um monte de cara vestido de preto. Não sabia que era o Moro [Sérgio Moro] que tava aqui. Uns 20 caras vestidos de preto lado a lado. Eu parei porque eu tinha que passar no meio dos caras. Sou velho. Falei ‘dá pra vocês saírem daí?’. Eu não sabia nem quem que era a segurança”, disse Datena.

“Acho que eles olharam pra mim e pensaram ‘esse homem deve estar armado, deve ter alguma bomba atômica’. Eu falei ‘vocês vão sair daí ou não’. Não posso passar no meio de corredor polonês, sou velho. Não tomei vacina. Aí eles ficaram olhando, falei ‘dá licença’. Aí foram todos para um lado só. O Moro precisa de 20 caras? Pensando bem precisa de uns 40. O que ele mandou de gente pra cadeia. Mas eu não vou atacar o Moro nenhum. Nem sabia que ele que tava aí”, explicou o apresentador.

“Até no corredor os caras vem me torrar a paciência. Quer proteger o cara, protege. Mas eu não vou atacar ninguém. Eu acho que tenho ainda 20 anos de idade que eu luto. Nem o Bruce Lee passava no meio daqueles caras lá. Nem o Bruce Lee, com 20 caras todos armados. O que o Moro mandou de gente pra cadeia. Imagina o que tem de gente querendo pegar ele. Eu fiquei parado olhando pros caras e falei ‘dá licença’. E os caras continuaram lá. Eu falei ‘eu tenho que passar aí, tenho que trabalhar. Se vocês não vão sair fiquem todos de um lado só’. Aí eles ficaram. O que eu tenho a ver com a vida do Moro? Ele que arrumou as encrencas dele, ele que se vire”, disse o jornalista da Band.

Na semana passada, Datena ficou revoltado com uma notícia que saiu envolvendo o nome de um dos seus filhos. Ao vivo na Band, o apresentador criticou o jornalista Lauro Jardim, do jornal O Globo, e acusou a Globo de apoiar os governos desde a ditadura militar (1964-1985). Na visão do jornalista, os veículos do grupo atacam o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) por ele supostamente não injetar verba federal nos cofres da emissora.

Leia mais