Dudu Camargo lidera audiência no SBT e debocha de Roberto Kovalick

Darlisson Dutra e Dudu Camargo festejaram a liderança do Primeiro Impacto (foto: Reprodução/SBT)
Darlisson Dutra e Dudu Camargo festejaram a liderança do Primeiro Impacto (foto: Reprodução/SBT)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Sempre atento aos números de audiência em tempo real, Dudu Camargo não perdeu a chance de fazer um escarcéu com uma rara vitória do Primeiro Impacto no confronto com o Hora 1. De acordo com os dados prévios da Grande São Paulo, que passarão por uma consolidação nas próximas horas, o telejornal do SBT venceu a Globo durante oito minutos da madrugada de quinta (10) para sexta (11), e empatou tecnicamente com Roberto Kovalick em outros 45 — e isso foi o suficiente para o pupilo de Silvio Santos festejar no ar e em suas redes sociais.

Na televisão, Dudu Camargo foi mais contido do que o habitual. O apresentador só comemorou o feito quando estava encerrando a sua participação no jornalístico e, ao passar a bola para Darlisson Dutra, foi surpreendido pelo colega, que lhe entregou uma folha de papel com o número “um” escrito em vermelho. “Pediram pra te entregar isso aqui. Não sei o que quer dizer isso aí”, afirmou Dutra, fingindo que se tratava de um pedido da produção do telejornal.

“Opa. Ah, não, é sério? Eita! Em nome do senhor Jesus Cristo, que ele seja louvado por isso. Preciso nem falar mais nada. Que Deus abençoe a todos e até segunda”, comemorou Dudu, com um largo sorriso no rosto. A comemoração em nada lembrou os festejos de outras ocasiões em que o Primeiro Impacto alcançou a liderança de audiência. Nelas, o apresentador já chegou a subir na bancada do SBT Brasil para dançar e até colocou o “plim plim” da rival no ar.

Fora do ar, Dudu Camargo não demorou para abandonar a discrição atípica. Nas redes sociais, ele rapidamente fez pouco caso do Hora 1 e tirou de contexto uma reportagem do TV Pop sobre uma crise de choro de Roberto Kovalick. O texto, no entanto, não fazia menção alguma aos índices do telejornal da Globo, e transcrevia seu depoimento sobre a cobertura de um terremoto no Japão. Em entrevista ao Conversa com Bial, ele afirmou que chorou de medo entre entradas ao vivo por não saber se sua mulher estava viva ou morta.

Para festejar sua vitória, Dudu debochou do drama familiar de seu concorrente. Ele juntou a reportagem, que trazia um fato verídico, com a comemoração feita com a folha de papel, e deu a entender aos seus seguidores que Kovalick teria chorado em virtude da audiência baixa do Hora 1. O telejornal da Globo, no entanto, permaneceu na liderança em sua faixa horária completa. Das 4h às 6h, a Globo marcou 3,6 pontos de média contra 3,1 do SBT.

Leia mais