Record já procura substituto para Geraldo Luís no Balanço Geral Manhã

Geraldo Luís está com os dias contados no Balanço Geral Manhã (foto: Reprodução/Record)
Geraldo Luís está com os dias contados no Balanço Geral Manhã (foto: Reprodução/Record)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

A Record dificilmente admitirá publicamente, mas é fato que a emissora já perdeu as esperanças de que Geraldo Luís vá fazer o Balanço Geral Manhã decolar na audiência. O jornalista, que virou o sexto apresentador do jornalístico em apenas cinco anos, segue dando mais problemas do que alegrias para os executivos da emissora. Ele continua infeliz com diversos aspectos do telejornal, e não raramente procura os seus superiores para reclamar de colegas, além de insistir em culpar a equipe pelos baixos índices de audiência do programa.

O apresentador não faz a mínima questão de disfarçar para os telespectadores que não gosta de fazer o matinal. Não há um dia sequer em que ele não faça alguma piadinha ou alguma queixa sobre o seu horário de trabalho durante a edição ao vivo do telejornal. Nesta quarta (30), ele abriu o noticiário com um longo desabafo sobre o motivo de seu rosto estar inchado e surgiu nos estúdios da emissora com um cachecol, reclamando do frio de São Paulo.

O TV Pop apurou que a alta cúpula da Record já está em busca de um novo profissional para assumir o comando do Balanço Geral Manhã. Os executivos já liberaram investimentos no jornalístico, principalmente na área técnica, mas recuaram e passaram a vetar diversos pedidos de Geraldo Luís, como a criação de novos quadros. Nos bastidores, a desistência em viabilizar as ideias do apresentador tem sido vista como o início de um processo de fritura para que ele mesmo peça para sair do telejornal.

Antes mesmo da fritura, a imensa maioria dos profissionais da emissora já apostavam que o jornalista pediria para sair do noticioso até o final do ano, especialmente por conta de seus problemas de saúde e da difícil rotina imposta para quem troca a noite pelo dia. Os colaboradores, porém, apostavam em uma saída amigável, com o apresentador sendo remanejado para outros projetos do canal, como já aconteceu em outras ocasiões. Agora, tudo aponta para uma rescisão contratual, já que não existe — até agora — nenhum outro projeto feito para o comunicador.

Boa parte da diretoria da emissora simplesmente desistiu de Geraldo Luís depois do papelão protagonizado por ele na edição de segunda-feira (28) do telejornal. O jornalista colocou no ar, sem o consentimento prévio da alta cúpula da Record, uma suposta carta em que Lázaro Barbosa falaria dele. Só a chefia do Balanço Geral Manhã sabia que o conteúdo, que foi comparado com a entrevista do Domingo Legal com supostos membros do Primeiro Comando da Capital, seria exibido, e os chefões do departamento só descobriram o conteúdo pelas redes sociais.

Depois de tomarem ciência da tal carta, os executivos determinaram que o assunto fosse esquecido. Na terça (29), o apresentador voltou a falar de Lázaro Barbosa, mas ignorou solenemente que havia recebido uma carta do homem mais procurado do Brasil, tema que ocupou praticamente todo o telejornal na véspera. Mais ríspido que o normal com os seus colegas de trabalho, o apresentador não abriu um sorriso nem mesmo enquanto estava no ar.

Leia mais