Felipe Neto se revolta com fake news e sai em defesa de Whindersson

Felipe Neto se revoltou com uma fake news e saiu em defesa de Whindersson Nunes (foto: Reprodução)
Felipe Neto se revoltou com uma fake news e saiu em defesa de Whindersson Nunes (foto: Reprodução)
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Felipe Neto usou as redes sociais para desmentir uma notícia que vinha circulando na internet devido a um perfil de fofoca que afirmou que o youtuber havia superado Whindersson Nunes e se tornado o maior canal do Brasil em número de seguidores. “Tudo nesse post é mentira. Eu estava divagando sobre minhas conquistas”, escreveu o empresário ao ver uma publicação com uma frase dele. “Eu disse que chegaria lá”, afirmou ele.

“Tem muita gente me perguntando sobre eu ter passado o Whindersson… Eu não passei o Whindersson, eu não sei de onde saiu isso. Foi porque, pela primeira vez, o nosso número de inscritos chegou no patamar, 42,5 milhões, mas ele já está em quase 42,6. Ele tem uns 80 mil inscritos a mais de diferença. Inventaram essa notícia, mas não é verdade”, declarou o influenciador.

“O tweet que eu dei ontem não tem nada a ver com isso. E não existe essa competição. Sinceramente, não existe. Nunca tive competição com outros youtubers nesse sentido, não fico torcendo para passar ninguém. Muito pelo contrário, queria que Whindersson gravasse mais vídeos, criasse mais conteúdo, porque é bom para toda a plataforma, é bom para todo mundo”, disse.

Felipe Neto criou o seu canal em 2006 e é considerado um dos grandes nomes da plataforma nacional. O empresário questionou qual o parâmetro para ser considerado o maior youtuber.

“Número de inscritos é relevante para definir quem é o maior de todos? Não necessariamente! Tem vários critérios, tem critério de influência, quantidade de visualizações. Seria Luccas Neto o maior youtuber do Brasil? Seria Kondzilla que não é youtuber, mas faz bilhões de visualizações? Isso é casca e eu já passei dessa fase há muito tempo de ficar orgulhoso com casca”, constatou ele.

Leia mais